Sony dá uma nova vida à icónica submarca Walkman com dois novos modelos

Mónica Marques
Comentar

A Sony quer dar uma nova vida à sua submarca icónica Walkman e está a lançar dois novos modelos que são equipamentos áudio de alta fidelidade com tamanho para andarem no bolso das calças.

Com este lançamento, a marca japonesa quer fazer renascer a famosa chancela Walkman que, na década de 1980, se tornou sinónimo de equipamentos portáteis de áudio hi-fi.

Sony Walkman NW-WM1ZM2 reproduz áudio digital numa taxa superior à do CD

A Sony está apostada em fazer renascer a sua submarca icónica Walkman e está a lançar dois novos modelos: NW-WM1ZM2 e o NW-WM1AM2. Desde logo, os dois equipamentos diferem no design enquanto que o AM2 se caracteriza por uma discreta caixa preta, o ZM2 gosta de dar nas vistas com um chassi em cobre, banhado a ouro.

Segundo a Sony, o modelo ZM2 tem ainda outra característica que o distingue de qualquer outro equipamento de áudio. O modelo conta com uma "ficha única equilibrada, concebida para o novo cabo de ligação equilibrado de Ø 4,4 mm. Separa os sinais de som esquerdo e direito, minimizando as perdas na transmissão do sinal e a deterioração resultante".

Também segundo a marca japonesa, o Walkman NW-WM1ZM2 é capaz de capturar e reproduzir áudio digital a uma taxa superior à do CD, além de suportar o sistema operativo Android e estar equipado com Wi-Fi.

Conta também com um ecrã de cinco polegadas, sensível ao toque, no qual é possível personalizar o ecrã inicial, segundo as preferências do utilizador. Mas o melhor de tudo é que o novo Walkman da Sony tem autonomia de bateria para de até 40 horas de reprodução música.

Voltando agora à exuberante caixa do novo modelo ZM2. Esta, tal como já referimos, foi concebida em cobre sem oxigénio e banhada a ouro. Mais: a Sony garante que a pureza do cobre foi aumentada para 99% e que, por essa razão, o modelo fornece um som com maior qualidade.

Também devido ao chassis de cobre, o ZM2 fornece graves mais nítidos, sendo que os sons médios e agudos conseguem propagar-se melhor no espaço e perdurar mais tempo.

Preço e disponibilidade dos novos modelos Walkman

Por outro lado, a tecnologia de amplificação digita S-Master HX, desenvolvida especificamente para a série Walkman, é compatível com o formato DSD nativo, além de conseguir reduzir a distorção e ruído, num vasto leque de frequências.

De resto, o novo Walkman NW-WM1ZM2 conta com 256 GB de armazenamento interno enquanto que o seu discreto "irmão" de chassis negro está equipado com 128 GB de memória interna. Saliente-se que ambos os equipamentos contam com entrada para cartões microSD para expansão de memória.

Para já, a Sony Portugal dá a indicação de que estes dois modelos vão estar em breve disponíveis em Portugal. Mas os utilizadores do Reino Unido podem já adquirir os novos Walkman por cerca de 1.550 euros no caso do modelo Walkman NW-WM1AM2 e por aproximadamente 4.000 euros no caso do exuberante NW-WM1ZM2, banhado a ouro.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.