Qualcomm Snapdragon 710 Android
Cristiano Amon, presidente da Qualcomm Inc. REUTERS/Sergio Perez

Este é a primeira plataforma móvel / processador da nova série 700 da Qualcomm, a nova gama que pretende trazer tecnologia de ponta para smartphones mais acessíveis. Mais ainda, segundo as fugas de informação este Snapdragon 710 será o processador do Xiaomi Mi 8 SE.

Este processador coloca-se imediatamente acima da série 6xx e imediatamente abaixo da série 8xx. Conta com capacidades avançadas para Inteligência Artificial (IA) e com um total de 8 núcleos de processamento. Já a nível de frequência de processamento, chega aos 2.2Ghz.

Vê ainda: LG V35 ThinQ já é oficial e traz a mesma câmara do G7 ThinQ

Posto isto, chamar ao Snapdragon 710 um processador de gama média é…uma ofensa. Ainda assim, não o podemos considerar um topo de gama na perfeita e total extensão da palavra. Este título está reservado para o Snapdragon 845 da norte-americana Qualcomm.

Aqui, uma vez que ainda não existe um smartphone com este novíssimo processador, os consumidores não sabem como será o seu desempenho. Agora, para aquietar a nossa curiosidade, temos os primeiros resultados de testes de benchmark na GeekBench.

Snapdragon 710 é a mais recente plataforma móvel da Qualcomm

Este mesmo processador poderá embarcar também no promissor Vivo NEX. Mais ainda, é praticamente uma certeza a sua presença no novo Xiaomi Mi 8 SE. Em seguida podemos ver vários dos parâmetros testados na Geekbench. Mostrando-nos também uma comparação com a performance obtida pelo Samsung Galaxy Note 8 na versão com o Snapdragon 845 da Qualcomm. No geral, apesar de não ser uma performance de topo, a diferença não é muito significativa, tal como mostram estes indicadores.

 

Sendo notoriamente mais poderoso do que um processador de gama média, o Snapdragon 710 da Qualcomm será um dos mais cobiçados SoC’s de 2018. Aliando potência, poupança de energia e um preço mais em conta, permitirá trazer tecnologias de ponta a um escalão não tão alto de preços.

Xiaomi Mi 8 SE deverá empregar este SoC da Qualcomm

Cumpre ainda salientar que o processador que deverá integrar o Xiaomi Mi 8 SE é construído segundo o mesmo processo do Snapdragon 845, portanto a 10nm. Temos aqui um núcleo extremamente poderoso e, ao mesmo tempo, bastante poupado no consumo.

Mais concretamente, o Snapdragon 710 da Qualcomm inclui dois núcleos Kryo 360 Cortex A75 com uma frequência máxima de 2.2GHz. Possui também 6 núcleos com uma frequência máxima de 1.7Ghz, sendo estes otimizados para a poupança energética.

Conta ainda com a gráfica Adreno 616 que promete um aumento de 35% face à GPU do Snapdragon 660. Em breve teremos a confirmação da sua presença no próximo dispositivo móvel da Xiaomi.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Novo LG gram chega a Portugal. Performance e portabilidade num só

Nokia garante que Android P chegará a todos os seus smartphones

Xiaomi Mi 8 liderará a revolução na localização GPS

Fonte | via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).