Smartphones: Xiaomi e Samsung sobem com a queda da Huawei

Filipe Alves
Comentar

Os analistas de mercado da CounterPoint mostraram as suas análises dos últimos meses e as coisas não estão boas para a Huawei. Por sua vez, a Samsung e Xiaomi estão a crescer.

Com a situação da Huawei a piorar, os consumidores estão a olhar para outras fabricantes como uma melhor opção. A Xiaomi e Samsung cresceram nas análises da CounterPoint, enquanto que a Huawei teve uma queda dura.

Xiaomi foi a que mais subiu, Samsung logo depois

smartphones Samsung Xiaomi Huawei

Este gráfico mostra-nos a cota de mercado mundial de smartphones. Do lado esquerdo temos as cotas de abril de 2020, do outro lado de agosto.

Podemos ver que um crescimento de 3 pontos percentuais da Xiaomi. Uma subida considerável. A isto deve-se no forte investimento na Europa e Ásia. Se na China, por exemplo, a Xiaomi já é de uma marcas mais conceituadas, cada vez mais ganha destaque no Continente europeu.

smartphones

A Samsung também subiu 2 pontos percentuais. A Samsung é uma das alternativas mais viáveis para a maior parte dos consumidores que adoravam a Huawei.

Nos últimos tempos a Samsung tem investido forte nos smartphones intermediários e mostrado que também deve ser posta em conta. Mesmos quando não se trata de smartphones topo de gama.

Huawei teve uma dura queda

Já a Huawei teve uma bruta queda de 5 pontos percentuais. Uma queda esperada, mas triste de se ver. Isto porque a Huawei estava num caminho fantástico e só esta proibição dos EUA é que a fizeram abrandar nas vendas. Ainda assim, temos de dar valor à marca por não desistir.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.