Smartphones da Samsung terão um novo tipo de ecrã! Sabe os pormenores!

Filipe Alves
Comentar

A Samsung está, certamente, próxima a mostrar-nos o seu primeiro smartphone com um "ecrã cascata". A patente da empresa já foi registada em vários países e todos aceitaram que a sua nova tecnologia comece a comercialização.

A patente mostra-nos um smartphone com ecrã cascata. Ou seja, um ecrã que "dobra" nos cantos do equipamento. Mas atenção que estas dobra é bem mais intensa do que as típicas do Galaxy S.

Vivo NEX 3 e Huawei Mate 30 Pro já contam com este ecrã

Vivo NEX 3, Samsung patente

O Vivo NEX 3 foi o primeiro smartphone do mundo a trazer tal tecnologia. A Huawei seguiu com o Huawei Mate 30 Pro que, infelizmente, continua sem chegar à Europa de forma oficial.

Vivo NEX 3, Samsung patente
Patente da Samsung

A ironia da situação é que o primeiro smartphone com esta tecnologia, o tal Vivo NEX 3, conta com um ecrã da Samsung. Ou seja, este topo de característica não é nova para a fabricante.

Ecrã cascata tem mais desvantagens do que vantagens

Porém, temos de olhar para as coisas como elas são. Por muito que o design fique bem mais elegante com um ecrã super curvo, as desvantagens são mais do que as vantagens.

Vivo NEX 3, Samsung patente

Neste momento não existe nenhuma característica no software do smartphone que faça desta curvatura algo vantajosa. Já no que toca às desvantagens, basta dizer que o ecrã é seriamente mais frágil com esta curvatura do que sem ela.

Além disso, as capas de proteção do smartphone não conseguirão cobrir até aos cantos do smartphone. Ou seja, mesmo com capa será bem mais frágil do que um terminal com uma curvatura "normal" ou sem ela.

Até que ponto é que vale apostar nesta tecnologia? A Samsung deve-se estar a perguntar o mesmo. O facto de não ter lançado um smartphone com tal ideologia só nos mostra o quão a empresa está à espera da reação do mercado a este tipo de formato.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.