Smartphones com câmara por baixo do ecrã não chegarão tão cedo quanto desejávamos

Vitor Urbano
Comentar

Recentemente, a Oppo e a Xiaomi decidiram 'agitar as águas' no mundo dos smartphones, ao revelar vídeos demonstrativos dos seus mais recentes protótipos, que apresentam uma câmara selfie por baixo do ecrã.

O estado de desenvolvimento destes smartphones pareceu tão avançado que, rapidamente começaram a circular rumores de que poderiam ser lançados ainda este ano.

Câmara por baixo do ecrã dificilmente será implementada em 2019

O reconhecido leaker Ice Universe (@UniverseIce) afirmou que esta nova tecnologia irá ainda demorar bastante tempo para chegar aos utilizadores. O leaker continua, explicando que durante a segunda metade do ano as fabricantes irão garantidamente focar-se na evolução da atual tecnologia punch hole, tornando-a menos obstrutiva.

Para isso, precisam de conseguir fazer com que os ecrãs Super AMOLED sejam capazes de acomodar 'buracos' cada vez menores. Podendo mesmo chegar a 1 milímetro de diâmetro durante os próximos dois anos, afirmou o leaker.

Under-display camera technology will take a long time to mature.In the second half of this year, the rigid Super AMOLED will be on the stage of history, with a size of 3.x mm, and will continue to Shrink this number until 1mm in the next 1-2 years.

— Ice universe (@UniverseIce) 4 de junho de 2019

Atualmente, a dimensão média de um punch hole é de aproximadamente 5 milímetros, e já se apresenta de forma bastante discreta. Caso as fabricantes consigam desenvolver uma tecnologia que permita reduzir esse diâmetro para 1 milímetro, tornaria o 'buraco' praticamente invisível.

Xiaomi promete algo que parece impossível cumprir (para já...)

Na passada segunda-feira (3 de junho) a Xiaomi explicou, através de uma publicação no Twitter, como funciona a sua nova tecnologia que permite colocar a câmara selfie por baixo do ecrã do smartphone. No entanto, numa das imagens publicadas, prometem fotografias da mais alta qualidade.

Vão ainda mais longe, e garantem que a qualidade das selfies capturadas com esta câmara experimental são, superiores às de uma câmara punch hole.

Xiaomi câmara por baixo do ecrã

Ao colocarem a câmara por baixo do ecrã, significa que o próprio painel OLED irá precisar de ter uma dupla funcionalidade. Ou seja, será não só o tradicional ecrã do telemóvel, mas também a lente fotográfica. Atualmente, a tecnologia ainda não chegou a um patamar onde um ecrã OLED consiga funcionar da mesma forma que as lentes de câmaras fotográficas.

Por isso, teremos de assimilar as afirmações da Xiaomi com uma boa 'pitada de sal', especialmente depois da Oppo afirmar que a performance desta câmara ainda está longe do nível desejado.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.