First-64-bit-Samsung-phone-gets-benchmarked-sports-a-Snapdragon-410-chip

Boa noite pessoal, desde que a Apple apresentou o primeiro processador a 64-bit, com o iPhone 5s, as grandes marcas ficaram logo de sobreaviso, não querendo obviamente ficar para trás.

Após um período inicial de rejeição e duras críticas, reacção comum  face a uma rotura com o modelo anterior, a curiosidade e a necessidade de não ficar para trás, obviamente levou ao desenvolvimento destes novos processadores a 64-bits. Seja pelos benefícios que trará, ou para não deixar o vizinho ganhar demasiada vantagem,  eles são, sem sobra de dúvida, o futuro.

   

De qualquer maneira, a Qualcomm, uma das líderes do “Silicon Valey”, não demorou muito tempo a anunciar os seus planos de upgrade de 32 para 64-bits, em termos de arquitectura de processamento.
Com efeito, os futuros Snapdragon 410, 610, 615, 808 e 815, vão ser baseados na nova arquitectura ARM a 64-bit. Bom, apesar de normalmente os avanços tecnológicos na área dos núcleos de processamento demorarem um bom bocado, em termos de ciclos de vida de smartphones, já temos alguns vislumbres da primeira fornada de smartphones equipados com os processadores Qualcomm a 64-bits.

Mais concretamente, o dispositivo Samsung que foi visto na aplicação de benchmark GFXBench, na qual deixou alguns dados, entre os quais o rasto de um processador Snapdragon 410 a 64-bits e uma Adreno 306 GPU.

As restastes especificações presentes no misterioso Samsung (SM-G510F) incluem um ecrã de 4.8 polegadas,resolução de 540 x 960 pixeis (qHD). Acompanhado de 1GB de RAM e 8GB de memória interna. No departamento fotográfico, o Samsung (SM-G510F), tem uma câmara traseira de 8MP capaz de gravar vídeos a Full-HD (1080p), e uma câmara frontal de 5MP para umas óptimas selfies! Escusado será dizer que vem com o sistema operativo Android 4.4.2 KitKat.

 

ddd sss ssss

Falta saber se 64-bit equivalem a uma melhoria exponencial da experiência do usuário, seja em rapidez, fluidez, multi-tasking, etc…
Sinceramente duvido que isto traga mudanças drásticas, é dificil imaginar algo mais rápido, mais potente e eficaz do que a recente panóplia de flagships, mas espero estar enganado!
Espero que gostem e, como sempre, partilhem!

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).