Smartphone do futuro não teve o sucesso que muitos esperavam

Filipe Alves

A Meizu lançou oficialmente um produto que foi chamado de smartphone do futuro. Um telemóvel que não tinha entradas nenhumas nem botão algum.

Ou seja, o smartphone era uma peça inteira sem qualquer tipo de orifícios. Para muitos, o perfeito exemplo daquilo que podia ser o futuro dos smartphones. Para além de ser mais compacto e mais simples de o fazer resistente à água e poeiras, é um smartphone que conquistou muitos pela irreverência.

Smartphone do futuro não teve o sucesso que muitos esperavam

Contudo, o smartphone do futuro não conquistou o público. De forma a saber se o smartphone iria ou não ter futuro, a Meizu decidiu trazer o dispositivo em crowdfunding. Ou seja, os interessados comprariam o smartphone antes dele sair para o mercado de forma a apoiar um projeto um pouco diferente.

Meizu Zero foi apelidado com smartphone do futuro

Ainda que inicialmente tivesse uma boa aceitação, rapidamente caiu no esquecimento. O smartphone foi apenas apoiado por 29 pessoas.

Temos de referir que a notícia do dispositivo correu o mundo inteiro. Só 29 pessoas é que sonharam ter um destes na mão e estiveram dispostas a dar 1200€ por um destes.

Com o alcance de 45 mil dólares, o valor angariado foi apenas 45% do objetivo. Assim sendo, podemos concluir que a população não está disposta a pagar 1300€ por um smartphone da Meizu com uma tecnologia e design totalmente diferente do normal.

Tenho de admitir que ponderei em apoiar o projeto, porém, tal como muitos outros a barra dos 1000€ por um smartphone da Meizu deixou-me com o pé atrás.

Smartphone do futuro não conquistou e deve ficar por aqui

Dessa forma, podemos concluir que o smartphone do futuro passou ao lado. Visto que construir o telefone não deve ser muito barato, não me parece que seja viável, pelo menos para já, que a Meizu o lance de forma oficial para o mercado.

Em suma, é uma pena que tal não tenha resultado. Esperemos que no futuro a Meizu consiga baixar o custo de produção e aí sim. Quem sabe se por metade do valor não conquista mais utilizadores.

Editores 4gnews recomendam:

CEO da Xiaomi promete garantir stock do Mi 9 pelas próprias mãos

Falha de segurança obriga à remoção do Google Fotos da Android TV

Google Maps começa a mostrar-te onde ‘apanhar’ uma trotinete elétrica

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.