Smartphones Android de marcas oriundas da China valem a pena?

Filipe Alves
Um smartphone Android de marcas oriundas da China vale a pena?
Este é o todo poderoso smartphone Android da Xiaomi - Mi Mix 2

Aqui na 4gnews falamos de tecnologia com um foco maior no mercado de smartphones. A compra de um smartphone oriundo da China é sempre uma questão pertinente que recebemos vezes sem conta na nossa caixa de email. Vale a pena investir? E as atualizações? E garantias?

Olhemos para o mercado como ele é antes de falarmos de equipamentos em concreto. Neste momento comprar um novo smartphone numa loja física sai caro. Os dispositivos estão a um preço alto e aqueles que até tem um valor razoável, são, na maior parte das vezes, bastante questionáveis.

Vê ainda: Google consegue surpreender com novo vídeo do Google Pixel 2

Tirando alguns modelos da BQ, Wiko, Samsung e Huawei (em Portugal) ou Quantum e Motorola e Samsung no Brasil, as apostas são seriamente questionáveis. Mesmo modelos das marcas acima referidas podem vir a ser um tiro no pé em determinadas situações.

Primeiro temos de perceber para que queres o dispositivo em concreto. Se queres utilizar o terminal de uma forma diária e intensiva, aconselho seriamente que invistas num smartphone que te leve numa jornada de 24 meses. Sendo que todos eles usam o Sistema Operativo (SO) Android da Google, as vantagens do SO serão idênticas em todos eles.

Para que tal aconteça tens de perceber se as especificações do dispositivo em si serão ou não razoáveis nesse tempo. Tens de analisar o dinheiro que estás a investir e aquilo que tens em troca.

Este é o Ulefone Mix (Link abaixo)

Quando o assunto é um gama-alta temos variadas escolhas no mercado de loja física e pessoalmente não acredito que gastar mais de 450€ num smartphone oriundo da China (entenda-se Oukitel, Xiaomi, Elephone e por aí fora) seja valorizar o teu dinheiro. Assim sendo, investir o teu dinheiro num Honor, Huawei ou até BQ, com o Aquaris X Pro, são escolhas mais confortantes. As garantias são feitas em loja, tens os típicos 24 meses e caso não seja arranjado no prazo de 30 dias podes, por lei, pedir um terminal com um valor igual ou superior.

Por isso é que as marcas oriundas da China tendem em não investir em topos de gama. As vendas seriam mais baixas devido à desconfiança que existe face à compra e pós-venda.

Xiaomi Mi 6
O Mi 6

Contudo, também encontrarás exceções à regra. O Xiaomi Mi Mix 2 ou até o Mi 6 são isso mesmo. Estes terminais Android são caros, porém, apenas comparados de forma direta a topos de gama como o Galaxy S8 ou iPhone 8. Desta forma, o investimento será alto mas o produto em troca será de uma qualidade bem acima da média. Claro que terás à mesma os problemas com garantias, caso a necessites, todavia, ainda não há nada que se possa fazer sobre esse assunto.

Afinal de contas, um smartphone é apenas um smartphone!

Mas quando os assuntos são gama-média ou smartphones de entrada a história é outra. É aqui que os dispositivos das tais marcas que falei acima se destacam. As especificações e características são boas demais para o preço apresentado e as compras são perfeitas até o dia que o telefone deixa de funcionar.

Para além do mais, os terminais de gama-média oriundos da China, que são vendidos em lojas de retalho online são bem superiores aos gama-média de loja física. Tens por exemplo o Nokia 3 - que até há bem pouco tempo estava a ser comercializado por 169€ - que conta com especificações idênticas ao Umi Diamond X, que pode ser comprado por 72€. Mesmo com o preço do Nokia 3 a 135€ (promoção temporária) o terminal fica bem mais caro que o dispositivo da empresa chinesa.

OnePlus 5 Análise Review Smartphone
O famoso OnePlus 5 com Android quase puro!

São muitos os exemplos que te posso dar de smartphones que valerão o seu valor, assim sendo, é isso mesmo que farei no final deste artigo.

Os terminais oriundos da China são uma benção para quem não quer pagar muito por um novo e bom dispositivo. Depois de muitos destes me passarem pelas mãos posso afirmar com certezas que a compra online de smartphones até 300€ é a melhor opção.

Valores superiores a 300€ deves ponderar de uma forma mais séria. O valor começa a ser mais significativo e deves pensar seriamente se consegues viver sem a tranquilidade do serviço pós-venda numa loja física.

Um smartphone Android de uma marca chinesa já não assusta!

Deves ainda ter um passo em conta antes de comprar o que quer que seja de lojas de retalho online fora de Portugal. Falo obviamente das taxas alfandegárias. No Brasil é quase impossível evitar estas tretas, contudo, Portugal não é assim tão complicado.

Alguns websites oferecem seguros de alfândega que te pagarão até determinado valor caso sejas taxado. Terás ainda a possibilidade de escolher possibilidades de envido (muito conhecido por Priority Line em muitos sites) que fazem com que as tuas encomendas brinquem de fronteira em fronteira de forma a evitar as tais taxas.

Numa forma de conclusão posso admitir que considero seguro e uma boa aposta uma compra online de smartphones e produtos de marcas oriundas da China. A tecnologia evoluiu de uma forma em que as diferenças são mínimas e em muitos casos, verás que o teu dinheiro foi bem empregue.

Deixo-te então com o prometido, alguns produtos que valerão o teu investimento! Fica ainda a saber que caso compres pelos links abaixo estás a ajudar o projeto 4gnews de forma gratuita, um sincero obrigado!

Assuntos relevantes na 4gnews:

NOS será a responsável pela Internet nos voos comerciais da Europa

Monument Valley 2 já está disponível na Google Play Store

Prepara-te para ver mais acessórios para o teu Huawei à venda

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.