Smartphone Android barato e bom? Qualcomm tem a solução!

Rui Bacelar
Comentar

A Qualcomm quer colocar nas mãos dos consumidores uma nova geração de smartphones Android de topo, mais baratos. Para tal, a tecnológica norte-americana abdicará de um trunfo do seu Snapdragon 888, sem comprometer o desempenho do SoC.

Em causa está uma possível versão "Lite" do atual processador topo de gama, o Snapdragon 888, com um modem "limitado" ao padrão de redes 4G LTE. Na prática, abdicando do suporte para as redes 5G para pode reduzir o preço dos seus processadores.

O Snapdragon 888 é atualmente o melhor SoC da Qualcomm

O processador Snapdragon 888. Crédito: Qualcomm.

A medida permitirá às fabricantes desenvolver smartphones Android de topo, igualmente velozes e capazes, a chegar ao mercado com preço reduzido. Desse modo, teríamos mais telefones de topo, ótimos para jogos e atividades intensas, mas a conexão 5G.

Sendo a Qualcomm a fabricante líder de mercado, sinónimo de poder e bom desempenho para smartphones Android, o mérito dos seus Snapdragon está mais que comprovado. Aliás, se procuram um bom topo de gama Android, procurem um SoC Snapdragon.

Com o Snapdragon 888 a ocupar a posição cimeira na lista de processadores mais poderosos para smartphones, a par do A14 Bionic da Apple - ambos com litografia de 5 nm - o único "senão" deste Snapdragon 888 é o seu preço, consideravelmente alto.

Em breve poderá receber uma versão "Lite" sem acesso às redes 5G

Ciente desta condicionante, que leva as fabricantes de smartphones a colocar um preço alto nos smartphones que o empreguem, a norte-americana estará a preparar uma versão mais acessível deste SoC. Manterá o desempenho de topo em todos os aspetos.

A informação é avançada pelo leaker Roland Quandt, uma das fontes com melhor reputação no setor. Quandt aponta o desenvolvimento da versão SM8325, ao passo que o atual Snapdragon 888 tem o número de modelo SM8350.

Segundo o informador, a nova versão do Snapdragon 888 deverá abdicar do modem 5G, perdendo o smartphone o acesso às redes móveis de quinta geração. Importa sublinhar que tal não passa de um rumor, ainda que o histórico da fonte seja de credibilidade.

Roland Quandt acredita que o novo chip abdicará deste modem 5G, um dos componentes que encarece o SoC. Por outro lado, a Qualcomm pode sempre garantir o suporte para um modem externo, tal como já o faz no Snapdragon 870.

A nova "gama" de processadores acessíveis com desempenho de topo

Note-se que o Snapdragon 870 é, em si, uma versão aprimorada do Snapdragon 865 Plus, o topo de gama de 2020. Vemos assim que a Qualcomm está a criar uma gama de processadores topo de gama mais acessíveis, algo que beneficiará o consumidor.

Quandt não revelou mais detalhes sobre a versão barata do Snapdragon 88 a não ser a falta do modem 5G. Na prática, isto pode (e deve) significar a chegada ao mercado de bons smartphones a preço acessível.

Com o consumidor a pagar menos por um telefone de topo, a Qualcomm pode ter aqui uma estratégia de sucesso.

Editores 4gnews recomendam:

  • OnePlus 9: CEO confirma que exemplo do iPhone não será seguido
  • Samsung revela acidentalmente data de apresentação dos Galaxy A52 e A72
  • O pior inimigo dos Android em 2021 chama-se iPhone 12, diz estudo
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com