Simulação "viver em Marte" terminou um ano depois de ter começado

Filipe Alves

Cada vez mais o assunto Marte é trazido à conversa. É quase garantido que a viagem do ser Humano ao planeta vizinho está prestes a começar, mas antes de tal acontecer é preciso ter uma ideia que tudo correrá como planeado.

Há um ano atrás a NASA financiou um projecto que que tinha como objectivo simular a vida em Marte. O vulcão Mauna Loa foi o escolhido para receber a tripulação devido à sua falta de vegetação e a parecença de solo ao planeta vizinho.

Vê ainda: cientistas foram postando as suas aventuras podemos ver vários retratos de uma chapada psicológica que este tipo de testes lhes dava.

No final, todos refletiram e referiram que é uma tarefa difícil mas não é impossível. Os cientistas tinham de utilizar fatos espaciais para aumentar o realismo e o acesso à internet tinha um atraso de 20 minutos, para retratar o exacto cenário dos cientistas que habitarão Marte.

Este tipo de aventura dará à NASA mais dados de forma a analisar e perceber como o nosso psicológico reage em situações do género.

Só a viagem até Marte poderá durar 3 anos e depois da sua aterragem não é garantido que o seu retorno seja realizado, uma missão difícil de engolir.

Talvez queiras ver:

  • “Proxima b”: Descoberto planeta com as potencialidades da Terra
  • China revela Rover que enviará a Marte em 2020
  • Está a ser desenvolvido submarino autónomo para explorar o mar da lua de Júpiter “Europa”
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.