Filme "Shot Caller" - Quando a opção é matar ou morrer!

Rute Ferreira
Filme Shot Caller
Capa do filme "Shot Carller"!

Quando o espectador começa a ver o filme "Shot Caller", o primeiro pensamento que surge é o de se estar a assistir a um drama "normal" de um homem bem sucedido, que é apanhado numa situação de crime involuntário que poderá estragar-lhe a vida, mas, "Shot Caller" acaba por ser uma boa surpresa.

O filme não passa por retratar a tragédia emocional de uma família abalada por um acidente, mas pela evolução de uma personagem envolvida num ambiente de crime e de gangues organizados de uma prisão.

Vê ainda: Google Pixel 2 é o novo líder do ranking de câmaras da DxOMark

Nikolaj Coster Waldau, é Jacob/Money um corretor de bolsa bem sucedido,casado com Kate (Lake Bell, protagonista do filme "Man Up"), de que tem um filho. É um homem atencioso, sociável, prestável e sensível. No entanto, tudo muda quando Jacob vai ao volante de um carro e não pára num semáforo vermelho, provocando um acidente.

No carro iam também Kate, Tom (Max Greenfield) e a sua esposa Jennifer (Jessy Schram), todos sobrevivem menos Tom, que tem morte imediata. Jacob, é acusado de homicídio e condenado a 18 meses de prisão. Na prisão de alta segurança para onde vai, cedo descobre que tem de adaptar-se às regras de gangues organizados.

Shot Caller não é uma narrativa normal, o espectador vai-se apercebendo das situações conforme se vão revelando cenas do passado para explicar uma cena do momento. O filme surpreende nesta abordagem, ganhando ritmo e aumentando a curiosidade ao espectador de entender certas atitudes e acções de Money.

"Shot Caller não é uma narrativa normal..."

A interpretação de Nikolaj (cuja carreira se começou a destacar pela seu papel na série "Game of Thrones") é muito boa e enriquece bastante o filme, a capacidade que o actor tem de transformar um olhar comovente num olhar frio e insensível é brilhante, quase parece que o espectador não está a ver o mesmo actor.

O facto de, de não se conseguir perceber como vai ser o final do filme, acarreta ainda um interesse maior ao mesmo.

O realizador Ric Roman Waugh, soube dirigir um filme com cenas bastante realistas e planos que dão muita intensidade dramática à história e apesar, do papel de Jacob ser quase suficiente para agradar quem vê o filme, há personagens como a de Frank "Shot Gun" (Jon Bernthal) que poderiam ter tido um maior destaque.

"...um filme com cenas bastante realistas e planos que dão muita intensidade dramática à história..."

Mas não deixa de ser por isso, um filme surpreendente e a juntar com certeza, aos filmes de 2017 que valem a pena ser vistos.

De resto, já sabes o que terás de fazer. Para ficares a par deste e de outros temas, sejam eles filmes, séries ou meras notícias assuntos equiparáveis, fica atento(a) a 4gnews.pt, para que não percas nenhum detalhe!

O trailer está no final do artigo!

Outros assuntos relevantes:

Daydream View – os “novos” óculos de Realidade Virtual da Google

Google Clips é uma pequena câmara que captura os teus melhores momentos

Twitter esteve para ser adquirido pela Disney em 2016