Os Samsung Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge fazem agora um ano de existência, depois de terem sido apresentados na edição de 2016 da Mobile World Congress. Estes foram os smartphones que reinaram durante todo este tempo, muito por culpa do problema que assolou o Galaxy Note 7.

Vê também: Nova fuga de informação revela as especificações do Samsung Galaxy S8

   

Com o lançamento do Galaxy Note 7, a Samsung introduziu novas formas de segurança para os seus equipamentos. A mais vistosa de todas foi o leitor de retina ou íris. Um método que levantou muitas questões pelo seu modo de funcionamento num smartphone que possuía ainda um sensor de impressões digitais.

Mas esse leitor de retina não era exclusivo para o desbloqueio do Note 7. Dentro do equipamento existia uma pasta conhecida como “Secure Folder” ou pasta segura, cujo acesso à mesma só era permitido através do tal leitor de retina.


Depois da passada a fase de estes, eis que os Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge estão prontos para receber a versão final das chamadas Secure Folder.

Tal como sucedia no Galaxy Note 7, esta pasta segura encriptará todo o conteúdo dentro da mesma, seja ele fotos, notas, aplicações ou contactos. Mais ainda, o acesso à mesma será mais restrito do que no restante equipamento.

Deste modo, esta Secure Folder fará uso da tecnologia de segurança Samsung Knox e que apenas concederá o acesso ao seu conteúdo por via de uma password ou autenticação biométrica (impressão digital). Claro que neste caso a Samsung não pode fazer também uso de um leitor de retina por óbvias limitações de hardware.

O único requisito solicitado pela empresa sul-coreana para o usufruto desta nova pasta é a instalação do Android 7.0 Nougat no teu smartphone. Neste caso, as coisas não estão totalmente dependentes apenas de ti e sim da própria Samsung e das operadoras.

Recordo que existem ainda muitos mercados que ainda não receberam o novo Android 7.0 Nougat, nos quais podemos incluir Portugal. Portanto, os utilizadores nacionais ainda não poderão usufruir desta nova funcionalidade nos seus Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge.

Outros assuntos relevantes:

Samsung Galaxy Book com Windows 10 terá direito a S-Pen

Xiaomi conseguiu unidades suficientes do Snapdragon 835 para o Mi 6

iPhone 7 Plus explode e torna-se viral no Twitter

Viathe verge
Fontesamsung

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.