Satya Nadella, CEO da Microsoft diz que acordo com Tik Tok "foi a coisa mais estranha em que trabalhei"

Mónica Marques
Comentar

Foi esta semana que o CEO da Microsoft, Satya Nadella, teceu comentários ao acordo falhado entre a sua empresa e a rede social Tik Tok.

A afirmação "foi a coisa mais estranha em que trabalhei" surpreendeu o mundo tecnológico, mas foi amplamente explicada pelo executivo da Microsoft.

Acordo falhado entre Microsoft e Tik Tok e o envolvimento do governo dos EUA

Foi na Code Conference em Beverly Hills, na Califórnia, que Satya Nadella falou sobre os acontecimentos que levaram a que o acordo entre a Microsoft e a rede social Tik Tok nunca visse a luz do dia.

Começando por dizer que as negociações foram "a coisa mais estranha" em que trabalhou, o CEO explica que aprendeu muito com o caso e que, na altura estava ansioso por conferir a segurança e a experiência em nuvem da Microsoft àquela rede social.

Tik tok

As negociações entre as duas empresas tiveram início após o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, ter exigido que a versão norte-americana da rede social Tik Tok fosse separada da empresa chinesa ByteDance. De acordo com o então presidente norte-americano, a segurança nacional estava em causa, devido à recolha de dados dos utilizadores daquele país.

Por esta razão, em agosto de 2020 começaram as negociações entre as duas empresas. Passado pouco tempo, mais especificamente em setembro, o acordo caiu por terra.

Tik Tok apanhado em fogo cruzado entre Pequim e Washington

De acordo com o CEO da Microsoft, "o Tik Tok foi apanhado no meio de vários acontecimentos entre as duas capitais", explicou Nadella, referindo-se a várias questões polémicas e comerciais que tornaram tensas as relações entre os EUA e a China.

Continua, esclarecendo que "o presidente Trump tinha um ponto de vista específico sobre o que ia fazer, mas simplesmente não foi reeleito. O governo dos EUA tinha um conjunto específico de requisitos que depois desapareceram".

Governo de Joe Biden está a rever segurança nacional

Nesta conferência, Satya Nadella revelou também que Zhan Yiming, CEO da ByteDance, revelou bastante interesse nos procedimentos de segurança infantil da Microsoft que podem ser encontrados em ferramentas da Xbox e em alguns produtos da empresa norte-americana.

Na sua intervenção na conferência, Nadella afirmou ainda que não conhece as ideias de Joe Biden sobre esta questão. Entretanto, o governo norte-americano já assumiu que está a rever todas as preocupações relacionadas com a questão da segurança nacional.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.