Samsung tem uma solução para a notch! E é uma péssima ideia!

Filipe Alves
Comentar

A Samsung registou uma patente na qual acredita que pode ser a solução para a notch nos smartphones. Contudo, continuamos a falhar imaginação quando se trata de imaginar um smartphone com tal ideologia.

Ou seja, a Samsung pretendia retirar a notch do ecrã para nos dar uma notch acima do ecrã. Sinceramente não vejo grande lógica nesta ideia a não ser que introduzissem uma barra superior consideravelmente grande.

Patente da Samsung com uma ideologia...diferente

Patente Samsung

Temos de perceber que uma patente é apenas isso. Ou seja, a Samsung trabalhou, efetivamente, para aperfeiçoar esta ideia. Aliás, trabalhou tanto nela que acreditou por bem registar a patente de forma a que nenhuma outra fabricante lhe roube a ideia.

Na descrição da patente podemos ler: "o design atual é um módulo de exibição com um painel de exibição anexado à parte traseira da janela de cobertura (notch) usada em um smartphone. A janela de cobertura inclui uma porção saliente no centro superior e concordou com a porção saliente. Ao colocar as câmaras, colunas, etc., o tamanho do ecrã pode ser maximizado ao criar uma tela retangular."

Ou seja, esta descrição fala exatamente o que vemos. De forma simples, a Samsung disse, "vamos tirar a notch do ecrã e colocar em cima".

Agora continuo sem conseguir imaginar um smartphone com este tipo de design. A não ser, como disse, que conte com uma barra superior grande para cobrir as laterais.

Sensores "dentro do ecrã" é o futuro

Samsung Galaxy Notch smartphone

O futuro dos smartphones e da remoção da notch passa por incluir todos os sensores e câmara frontal dentro do ecrã. Ou seja, os sensores estariam escondidos atrás da tela. A OPPO, VIVO, Xiaomi, LG e Samsung já trabalham nesta solução. Porém, ainda nenhuma fabricante conseguiu trazer qualidade suficiente à câmara frontal para que tal aconteça.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.