Samsung tem solução inovadora para reutilizar antigos smartphones Galaxy

Rui Bacelar
Comentar

A Samsung está a reunir smartphones mais antigos para permitir um melhor acesso a cuidados de saúde oftalmológicos em comunidades carenciadas em todo o mundo. A iniciativa foi apresentada recentemente pela gigante sul-coreana.

Enquanto fabricante líder de mercado, a Samsung é responsável por colocar mais smartphones nas mãos dos consumidores do que qualquer outra empresa. Desse modo, é compreensível que um grande número de telefones da marca possa ser reutilizado.

A Samsung dá um novo uso aos seus smartphones antigos para fins oftalmológicos

Em associação com a Agência Internacional de Prevenção da Cegueira (IAPB) e com a Yonsei University Health System (YUHS) na Coreia, a Samsung pretende criar dispositivos médicos que rastreiam doenças oftalmológicas. Isto através da reciclagem dos smartphones Samsung Galaxy que já não são utilizados.

Para tal, a empresa lança mão do programa Galaxy Upcycling. A iniciativa tem como objetivo ajudar a prevenir os cerca de mil milhões de casos globais de deficiência visual que podem ser evitados através de um diagnóstico atempado e adequado.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), pelo menos 2,2 mil milhões de pessoas têm alguma deficiência visual. Quase metade destes casos eram evitáveis ou ainda não foram resolvidos.

O programa Galaxy Upcycling transforma smartphones obsoletos em câmaras de diagnóstico médico

Samsung

Existe uma grande disparidade na prevalência da deficiência visual. Isto dependendo da acessibilidade e disponibilidade de serviços de cuidados oftalmológicos. Aliás, estima-se que este facto seja quatro vezes mais comum em regiões de baixo e médio rendimento do que em regiões desenvolvidas.

Assim, em 2017, a Samsung criou o programa Galaxy Upcycling para introduzir formas inovadoras que façam com que dispositivos Samsung Galaxy possam ter um impacto positivo.

Através deste programa, um smartphone Galaxy mais antigo pode tornar-se o cérebro da EYELIKE fundus camera portátil. Este é ligado a uma lente para um melhor diagnóstico, enquanto o smartphone é utilizado para captar imagens.

O objetivo é ajudar populações carenciadas no Vietname, Índia, Marrocos e Papua-Nova Guiné

A través de programas como #GalaxyUpcycling 👁️no solo proporcionamos #tecnologías #innovadoras que remodelan nuestras experiencias con el 🌏, sino que también capacitamos a los consumidores para que desempeñen un papel clave y más consciente del medio ambiente 🌼💙 https://t.co/Wj28VsQecC

— Samsung España (@SamsungEspana) 14 de abril de 2021

O smartphone Samsung Galaxy utiliza, então, um algoritmo de inteligência artificial para analisar e diagnosticar as imagens de doenças oftalmológicas.

Em seguida liga-se a uma aplicação que capta com precisão os dados do paciente e sugere um regime de tratamento. Tudo a uma fração do custo dos instrumentos comerciais.

Esta câmara de diagnóstico única e acessível pode fazer o rastreio dos pacientes com condições que podem levar à cegueira, incluindo retinopatia diabética, glaucoma e degeneração macular relacionada com a idade.

Samsung

"Estávamos à procura de uma solução de diagnóstico da saúde ocular que fosse económica para atingir o maior número de pessoas possível. Quando vimos o desempenho dos smartphones Samsung Galaxy quisemos integrar os seus esforços de upcycling na nossa investigação", disse o Dr. Sangchul Yoon, do Sistema de Saúde da Universidade de Yonsei.

A Samsung está também a alargar as suas capacidades a novas áreas de rastreio. Aqui incluindo a utilização de dispositivos Galaxy upcycled.

Tem como objetivo criar colposcópios portáteis baseados em smartphones. Instrumentos para rastrear o cancro do colo do útero e melhorar o acesso das mulheres a cuidados de saúde de qualidade.

Sublinhamos, por fim, que esta é uma iniciativa enquadrada na agenda de responsabilidade e desenvolvimento social da Samsung até 2030. Para todos os efeitos, é uma excelente forma de reaproveitar os smartphones antigos da marca.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.