Samsung vai lançar serviço semelhante ao AirDrop da Apple

Bruno Coelho
Comentar

De acordo com uma informação avançada pelo fórum XDA Developers, a Samsung está a desenvolver um serviço de partilha de ficheiros que promete ser uma alternativa ao AirDrop da Apple.

Tal como o serviço de partilha de ficheiros da Apple, o Quick Share da Samsung vai permitir enviar conteúdo para qualquer pessoa com smartphone ou tablet da Samsung de forma bastante rápida.

Quick Share será o 'AirDrop' para dispositivos Samsung

Este serviço vai transferir ficheiros da mesma forma que outros serviços já fazem no universo Android. Para tal vai usar uma combinação de Wi-Fi e Bluetooth. O Bluetooth inicia o processo com o dispositivo, e a transferência é feita por Wi-Fi.

Tal como acontece no AirDrop, o Quick Share vai permitir que possas detetar dispositivos suportados que se encontram por perto. Além disso, também poderás restringir quem te envia pedidos de transferência.

Vais poder escolher entre transferir ficheiros com contactos ou com toda a gente. O modo de “apenas contactos” permite transferir ficheiros entre os utilizadores que tens nos teus contactos.

Serviço pode ser anunciado oficialmente a 11 de fevereiro

Este novo serviço pode ser lançado pela Samsung a 11 de fevereiro, quando revelar os Samsung Galaxy S20. Será interessante ver como se porta, numa altura em que marcas como a Xiaomi ou a Oppo também já lançaram uma solução neste sentido.

Este tipo de funcionalidade é bastante útil, e quem tem dispositivos Apple sabe do que estou a falar. Sendo o Android um sistema operativo usado por variadas marcas, seria interessante se a Google se chegasse à frente e lançasse um serviço que se tornasse o padrão.

Editores 4gnews recomendam:

  • Samsung Galaxy Z Flip não terá sensor biométrico embutido no ecrã
  • Tens um Samsung Galaxy S9? Vais continuar à espera do Android 10!
  • Samsung Galaxy S20: imagens oficiais dão-nos uma nova perspectiva aos smartphones
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.