Orbis7-2Este é um dos raros casos em que as marcas não envolvem os seus futuros dispositivos num espesso e escuro manto de secretismo, o próximo equipamento da gama Galaxy Gear, os smartwatche’s da Samsung, terá um ecrã redondo e é apelidado de “Project Orbis”.

Após ter disponibilizado o SDK (software developement kit), temos finalmente algumas informações concretas sobre a natureza e funcionalidades do próximo Galaxy Gear que não irá correr o sistema operativo Android Wear, preferindo o OS Tizen.

   

Teremos, ao que tudo indica, uma borda rotativa ou bezel giratório que cumprirá várias finalidades e que, numa nota pessoal, me parece uma boa inovação num segmento algo monótono e pouco útil. De momento estamos limitados aos toques no ecrã e a um número restrito de gestos para a navegação no sistema Android Wear, algo em que o Apple Watch também se soube diferenciar com a sua coroa digital e interface bastante orgânica. Será que o próximo Gear da Samsung também trará uma boa e tão necessária dose de inovações?

Podem também ver uma tabela comparativa que confirma a existência de dois modelos do Galaxy Gear redondo, um com conectividade 3G para fazer chamadas telefónicas e tudo mais, além da uma outra versão que tem que estar conectada ao smartphone para usufruir do atendimento de chamadas através do relógio.

Além disso, este Galaxy Gear será construído em metal, tanto o corpo como a coroa (aquele botão que usam para acertar as horas nos relógios convencionais), terá um ecrã circular de 1.65 polegadas, bem grande para o tamanho do smartwatch comum, e terá uma resolução de 360×360 pixels.

Este novo Gear afigura-se cada vez mais como uma resposta direta ao  Apple Watch e nem seria de esperar algo diferente. Até posso já imaginar a Samsung a gabar-se de empregar uma liga de aço ou alumínio que não risca com tanta facilidade como o temporariamente lustroso  Apple Watch. Vamos lá ver se o Tizen OS consegue enfrentar a bem estruturada interface do seu rival mas isso a seu tempo saberemos.

Talvez queiras ver: