Samsung sofre a maior queda de mercado da sua história

Pedro Ramos

samsung-vuduA Samsung é a maior construtora mobile do mundo, contudo a marca tem passado por momentos pouco felizes devido aos problemas de combustão que os seus Galaxy Note 7 apresentavam antes de serem retirados do mercado. Este assunto já foi amplamente debatido mas ficamos agora com uma clara noção do verdadeiro impacto nos números e nas vendas da Samsung neste terceiro período de 2016.

Hoje foram publicados os resultados de desempenho no mercado mobile do terceiro trimestre do ano e depois de uma série de infortúnios estes resultados já eram de certa forma esperados.

Damos por nós a pensar que a marca sul coreana não deve ter ficado muito contente uma vez que teve a sua maior queda de mercado da sua história. Passando dos 23,6% registados no terceiro período fiscal em 2015 para 19,2% registados no mesmo período do ano corrente. Estes resultados devem-se bastante ao seu "bombástico" Galaxy Note 7, mas este não foi o único culpado destes resultados, uma vez que as marcas chinesas a cada ano que passa conquistam cada vez mais o mercado.

Observando a tabela que nos mostra os 5 primeiros no ranking, podemos ver que a Huawei, a Oppo e a BBK entram no ranking e foram as únicas que registaram crescimento, já que a Apple que ocupa o segundo lugar também registou uma queda de vendas.

Samsung vendas

Estes resultados não são nada animadores para os tubarões do mercado mobile e se um dia mais marcas chinesas conseguirem entrar no resto do mundo de forma oficial podemos vir a ter mais líderes de vendas do que aqueles que temos agora.

Mas ainda assim a Samsung permanece na liderança do mundo mobile, uma vez que conseguiu vender 71,7 milhões de smartphones neste terceiro perído do ano.

Talvez queiras ver:

Instagram será cada vez mais uma Loja Online
CyanogenMod 14.1 já disponível para estes Smartphones
Xiaomi Mi Mix com ecrã de 5.5 polegadas?