Samsung quis levar o Galaxy S10 ao espaço mas o satélite acabou por se despenhar!

Filipe Alves
Comentar

Lembras-te certamente de algures nas semanas passadas ter referido que a Samsung queria levar a o Samsung Galaxy S10 ao Espaço (mais concretamente à estratosfera) e tirar algumas selfies dos seus utilizadores num outro ponto de vista.

Pois bem, "Houston we have a problem". O projeto de marketing acabou despenhado numa quinta de um casal nos Estados Unidos da América e felizmente não atingiu nada nem ninguém. Ainda assim, 438 pessoas tiveram a sua fotografia no Espaço.

Samsung satélite Sapce  selfie

Imagens dos satélite depois da aterragem

No meio de tanto azar, temos de admitir que a Samsung teve sorte. Não creio que esta aterragem fosse programada para cair na quinta do casal norte americano. Ou seja, a Samsung pode-se dar por feliz por não ter caído numa cidade movimentada ou em cima de alguém. Com a velocidade da queda daquele satélite não me parece que alguém conseguisse sobreviver ao impacto.

Samsung ainda conseguiu algumas fotografias

Não foi tudo por água abaixo. A Samsung refere que ainda conseguiu algumas fotografias. Infelizmente parece que não fui um dos felizardos e a minha selfie não foi escolhida. Os resultados são interessantes e podes ver alguns dos exemplos aqui no website oficial da Samsung para o efeito.

O objetivo passava por mandar as fotografias para a superfície do planeta em quase tempo real. Ou seja, não é propriamente uma tarefa simples. Há que dar crédito à Samsung e à sua campanha de marketing.

Sou um amante do Espaço e daqueles que coloca sempre o seu nome na nave que viajam para Marte (yap, há dessas coisas) e só fico triste da empresa sul-coreana não ter conseguido memorizar mais destas fotografias. Parabéns à Samsung por tentar fazer algo diferente.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.