Samsung: próximo processador Exynos já impressiona com o seu desempenho

Carlos Oliveira
Comentar

Todos sabemos que a Samsung está a desenvolver um novo processador Exynos em parceria com a AMD. Este novo SoC deverá ficar conhecido como Exynos 2200 e deverá estrear-se na linha Galaxy S22.

A fase de testes deste novo processador deixa os primeiros indícios bastante promissores. Recentemente, o suposto Exynos 2200 passou pela plataforma 3D Mark e os resultados obtidos colocam-no no topo da tabela desta entidade.

Exynos 2200 com GPU da AMD supera o iPhone 12 na 3D Mark

A 3D Mark, como tantas outras plataformas de benchmark, opera para avaliar o desempenho bruto de processadores. No caso desta plataforma, a sua atenção recai sobre o desempenho gráfico dos mesmos e é aqui que o Exynos 2200 já se destaca.

Samsung Exynos AMD

Concluídos os testes preliminares, o novo Exynos com gráfica da AMD obteve 8134 pontos. Este representa um crescimento de 50% face ao Exynos 2100 que equipa a linha de topos de gama Galaxy S21.

Este resultado coloca o próximo processador da Samsung à frente do iPhone 12 Pro Max por larga margem. No entanto, aconselhamos cautela neste destaque, pois o último utiliza um processador de 2020.

Em todo o caso, este é um resultado bastante promissor para o produto da Samsung. Ainda não temos indicações do que poderá fazer o A15 Bionic, não sendo certo que o novo SoC da Apple venha a superar o semelhante da sua maior rival.

Importa notar que a Samsung aliou-se à AMD com o intuito de melhorar consideravelmente o desempenho gráfico dos seus componentes. O novo Exynos, aqui em causa, está a ser concebido com base na arquitetura RDNA 2 utilizada na PlayStation 5, por exemplo.

Ainda é cedo para avaliar o impacto que no próximo processador Exynos terá no mercado. Este terá a forte concorrência de componentes com o Snapdragon 895 e o A15 Bionic que também ainda não foram desvendados.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.