Samsung prepara-se para apresentar um teclado do futuro

Filipe Alves
Comentar

Não é a primeira vez que vemos um teclado que pode ser transmitido por luz para uma superfície e funciona como um teclado normal, porém, a Samsung prepara-se para melhorar ainda mais esta característica.

Segundo a marca, na conferência da CES20 em Las Vegas, que acontece no início do ano, veremos a ser revelado de forma oficial, um teclado de luz que poderá funcionar no nosso smartphone.

Teclado "holográfico" para o nosso smartphone

Teclado Samsung

A Lenovo é uma das marcas que já lançou este tipo de teclado "holográfico" para o mercado. Contudo, para teres este tipo de gadget terias de andar com um pequeno gadget do tamanho de um powerbank. Pois bem, a Samsung pretende revolucionar a tecnologia ao implementar a tecnologia no próprio smartphone ou tablet.

A tecnologia funcionaria com o auxílio da câmara frontal mas não só. Teremos, certamente, outros sensores que ajudarão a uma melhor precisão no "clique" das teclas.

Como funcionará este tipo de tecnologia

Só terás de ver este vídeo acima do conceito de um iPhone (que obviamente nunca foi lançado). A ideologia passa por ativar o teclado e conseguires trabalhar em cima da mesa como se estivesses a trabalhar com um teclado de tamanho normal.

A diferença desse vídeo para a tecnologia da Samsung será o apoio da câmara para tal funcionalidade. Ou seja, o smartphone não podia estar "deitado" mas sim levantado.

Quando teremos esta tecnologia no mercado

O problema da CES é que é uma feira que nos dá aquilo que sempre sonhamos e provavelmente nunca teremos. É uma feira tecnológica que puxa ao máximo a tecnologia para o futuro mas que dificilmente chega aos consumidores. Ainda assim, quero acreditar que se os utilizadores ficarem tão fascinados quanto eu estou neste momento, é uma questão de poucos anos até que a vejamos nos nossos smartphones.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.