Samsung prepara câmara para smartphones de 144 megapixels

Filipe Alves
2 comentários

A Samsung está a atacar forte nos sensores fotográficos. De acordo com o conhecido leaker @IceUniverse, que já se revelou correto no passado por inúmeras vezes, a Samsung está a preparar uma câmara com sensor de 144 megapixels.

Contudo, não chega apenas criar o sensor fotográfico. A Samsung precisa de preparar os processadores para processarem a imagem de forma rápida e eficaz. Isto indica-nos também que um novo processador está caminho.

Mais megapixels não significam mais qualidade

Samsung Galaxy Note 10

Atenção que mais megapixels não significam mais qualidade fotográfica. Principalmente em smartphones onde o sensor fotográfico é muito pequeno.

Crazy, Samsung is planning to use a 14nm process to make 144MP sensors. pic.twitter.com/H9PvLUuqYY

— Ice universe (@UniverseIce) 16 de dezembro de 2019

Num smartphone uma das coisas mais importantes na câmara fotográfica é o software. Exemplo disso é a qualidade dos smartphones da Google (Pixel). Por muito que tenham poucos megapixels e até ao último modelo uma câmara apenas, conseguiam fazer milagres na fotografia.

Smartphones competem cada vez mais com câmaras fotográficas

Neste momento já não vale a pena comprar uma câmara fotográfica compacta dada a qualidade dos smartphones nas fotografias. Porém, a tecnologia móvel ainda tem muito que evoluir para nos dar uma qualidade fotográfica equivalente a uma DSLR (ou Reflex).

Isto porque as lentes e o "vidro" são sempre muito menores que os de uma câmara profissional. Sinceramente não me parece que mais megapixels resolverão a lacuna que existe entre ambos.

Ainda assim, vale a pena salientar o trabalho da Samsung e Sony no setor fotográfico dos smartphones. As câmaras dos telemóveis são cada vez melhores e os grandes responsáveis são estas duas fabricantes.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.