Samsung pode dizer adeus aos seus ecrãs AMOLED nos smartphones! Mas por boas razões!

Filipe Alves
Comentar

A Samsung está a preparar uma nova tecnologia que poderá vir a ser o substituto dos seus fantásticos ecrãs AMOLED para smartphones.

Segundo a mais recente patente da fabricante sul-coreana, este novo tipo de ecrã chama-se "Samsung PIFF". Esta patente foi registada no "World Intellectual Property Organization’s" que faz com que uma determinada tecnologia fique protegida a possíveis cópias.

Ecrãs AMOLED da Samsung são dos melhores do mercado

Samsung Galaxy S20

Ainda na nossa review do Samsung Galaxy S20 referimos que o seu ecrã era "formidável". Ou seja, "era um ecrã Samsung". Isto para dizer que neste momento não há melhor no mercado.

A saturação dos ecrãs são fantásticas e os 120Hz no Galaxy S20 só tornam esta tela ainda mais apelativa. Ou seja, para a Samsung abandonar esta tecnologia é porque descobriu algo ainda melhor.

Ecrãs AMOLED nos smartphones Samsung foram revelados em 2008

Parece que não, mas os ecrãs AMOLED já tem alguns anos. Foi em 2008 que a Samsung revelou o seu primeiro ecrã AMOLED. Aliás, o seu muito popular Samsung Galaxy S (primeiro modelo) já chegou com Super AMOLED.

Ou seja, em mais de 10 anos a Samsung chegou certamente a um ponto de evolução. Não sabemos o que quer isto dizer em termos de qualidade e gestão de autonomia.

Os ecrãs AMOLED são perfeitos para uma melhor gestão de autonomia. Visto que em situações escuras - onde o ecrã está a preto - gastam menos bateria que um ecrã LCD.

Quando teremos a nova tecnologia de ecrã no mercado

Ainda é cedo para garantir o que quer que seja desta tecnologia chamada "Samsung PIFF". Sabemos apenas que foi registada uma patente como sendo uma nova tecnologia para "ecrãs de smartphones".

Não me parece que o Note 20, que deverá sair ainda este ano, já a possa ter. Porém, não ficaria surpreendido se a víssemos no próximo Galaxy S.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.