Samsung, Motorola e Xiaomi lutam pela dominância neste mercado

Rui Bacelar
Comentar

O mercado da América Latina (LATAM) onde se insere o Brasil é uma das regiões de maior interesse para a Samsung e Motorola, bem como para a Xiaomi. Estas são, com efeito, as três maiores fabricantes na região supracitada no terceiro trimestre de 2021.

Os dados chegam-nos agora através da agência Counterpoint Research) e denotam um crescimento forte da Xiaomi, ZTE, OPPO e Motorola. Por outro lado, a marca dominante, a Samsung, contraiu durante o terceiro trimestre de 2021.

Brasil lidera na procura por smartphones Samsung, Motorola e Xiaomi

O relatório mostra-nos ainda que também este mercado sofreu com a escassez de componentes, fator que limitou o crescimento do mesmo durante o período em apreço. Ainda assim, neste mercado entraram pelo menos cinco novas marcas, evidenciando o seu potencial de crescimento.

Entre estas apontamos como mais relevantes a OPPO, bem como a VIVO, com 4,4% e 1,8% de quota de mercado, respetivamente. Ao mesmo tempo, vemos a Motorola a aumentar a sua quota de mercado de 19,2% para 23,3% entre o terceiro trimestre de 2020 e o mesmo período de 2021.

Esta tendência de crescimento é acompanhada pela Xiaomi que essencialmente duplicou a sua quota de mercado de 5,6% para 10,4% entre os trimestres em apreço. Tendência similar é registada pela ZTE que passou de 2,5% para 4,6% de ano para ano.

Xiaomi duplicou a sua quota de mercado entre 2020 e 2021

O sucesso da Motorola foi apenas limitado pela escassez de componentes que se continua a fazer sentir. Aliás, este mesmo fator afetou de forma geral as demais fabricantes, com especial impacto na Samsung e nas novas marcas no mercado LATAM.

Por outro lado, a Motorola também registou um período áureo no mercado dos Estados Unidos da América. Aí, com a saída da LG, a fabricante detida pela Lenovo voltou a ganhar terreno, ainda que a Apple mantenha a sua dominância, seguida pela Samsung.

Vemos, portanto, sinais animadores não só para a Motorola, mas também para a Xiaomi no mercado LATAM e particularmente no Brasil. Um sucesso replicado pela Motorola também no crucial mercado norte-americano, ainda que na Europa não tenha presença ainda significativa.

Mercado da Europa é dominado pela Samsung, Xiaomi e Apple

Acima podemos constatar alguns dos mais recentes dados da Counterpoint alusivos à Europa. Aqui a dominância da Samsung é plena, com a Xiaomi firme já em segundo lugar. Além disso, vemos a OPPO em quarto lugar, precedida pela Apple.

Também no nosso mercado, por fim, o impacto da escassez de componentes se fez sentir. Não obstante, a agência de análise de mercado aponta uma recuperação plena desta região.

Note-se, por fim, que em causa está o desempenho do mercado global de smartphones durante o terceiro trimestre de 2021 (Q3 2021).

Editores 4gnews recomendam:

  • 23 jogos e apps temporariamente gratuitos na Google Play Store para Android
  • Xiaomi Redmi Note 11T 5G é oficial: o novo gama-média à prova de futuro
  • Amazfit é a marca sensação no mercado dos smartwatches em 2021
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com