Samsung coloca meta ambiciosa para os smartphones dobráveis em 2020

Bruno Coelho
Comentar

Segundo avança a ETNews, a Samsung pretende vender seis milhões de smartphones dobráveis no próximo ano. A meta é ambiciosa mas, segundo esta fonte, a fabricante já terá expedido 500 mil unidades do Galaxy Fold.

Este número quer, muito provavelmente, dizer que a marca já enviou para os retalhistas meio milhão de unidades, não se traduzindo em vendas efetivas. Ao que parece, a Samsung queria estabelecer uma meta dos 10 milhões, mas ficou-se pelos seis.

Samsung Galaxy Fold
Este é o Samsung Galaxy Fold

Conceito de dobrável da Samsung está por se provar ser um sucesso

Esta é uma meta bastante ambiciosa para um dispositivo que conta com duas agravantes: o preço não está ao alcance da maioria dos utilizadores, e o primeiro conceito de dobrável da Samsung está por se provar ter grande aceitação do público.

Recorde-se que os analistas do IHS Markit estimaram envios de 3 milhões de dobráveis da Samsung em 2020, o que é metade desta meta. Recorde-se que a Samsung já lançou o primeiro Galaxy Fold em mercados importantes como a Coreia do Sul, Índia e Estados Unidos.

O que pode tornar um novo Galaxy Fold num sucesso

Os rumores apontam para que a Samsung anuncie um novo Galaxy Fold em fevereiro de 2020. À semelhança do Moto RAZR que será anunciado em novembro, a Samsung pode apostar num design de concha que o tornará num dobrável verdadeiramente atrativo.

Recorde-se que a Samsung tem uma patente para um dobrável em concha, e especula-se que o novo modelo pode trazer um ecrã em vidro ultra-fino dobrável. A tecnologia está a ser trabalhada, e veremos se está pronta a tempo do próximo modelo.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.