Samsung vai aumentar a produção de memória RAM e não só...

Rui Bacelar
RAM Samsung processadores Android Intel AnTuTu ameaça dos clones Samsung reuters novo módulo memória GDDR6
A marca vai redobrar a sua aposta na construção e produção de memória RAM ©reuters

Segundo nos conta a agência Reuters, a Samsung estaria a considerar a construção de toda uma nova linha de produção de chips, memórias e semi-condutores. A localização desta linha de produção e montagem seria na cidade Pyeongtaek na Coreia do Sul, país natal desta fabricante. O objectivo passa por aumentar a produção de memória RAM e não só...

A fabricante sul-coreana terá já aprovado um investimento preliminar para construir toda uma nova linha de produção associada às suas fábricas existentes em Pyeongtaek, cidade sul-coreana. O investimento terá sido aprovado sem oposição pela comité de gestão da Samsung Electronics.

Vê ainda: 39 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Será também o primeiro grande investimento após a libertação do herdeiro da Samsung, Lee Jae-yong que esta semana voltaria a caminhar livremente. Note-se que não é apenas a Samsung a investir bastante na produção de memória RAM e todos os semi-condutores.

A indústria dos chips, memória RAM e semi-condutores em geral está a reforçar a oferta, antecipando um novo ciclo de aumento considerável na procura. Avizinha-se toda uma nova geração de dispositivos e todos eles precisarão de chips, memórias e toda uma panóplia de componentes que terão de ser construídos, o quanto antes!

Samsung prepara-se para aumentar a produção de memória RAM

Segundo os dados da própria marca, a Samsung estaria a pensar investir um total de 18.6 mil milhões de dólares. Cifra que servirá para aumentar toda a sua capacidade de produção. Investimento que estará finalizado até 2021, data em que as novas linhas de produção já estarão a produzir a "todo o vapor". Será um investimento que muito provavelmente terá retorno a curto ou médio prazo. Note-se que segundo o relatório oficial de contas, o departamento responsável pela produção de memória RAM e semi-condutores é um dos mais lucrativos.

Samsung memória RAM UFS 3.0 memória Samsung Galaxy S9 armazenamento interno - cópia
O novo módulo de memória da gigante sul-coreana com 512GB

"Neste momento estamos a rever a segunda fase de investimento para a nossa linha de produção de memória RAM e semi-condutores. Localizada em Pyeongtaek. Investimento que envolve a criação de uma nova estrutura de produção e de toda uma nova fábrica". A confirmação foi feita por um representante da marca à agência Reuters.

Nesse mesmo comunicado aproveita ainda para dizer que o investimento terá como objectivo conexo a preparação da marca para as exigências do mercado no futuro. A Samsung vai determinar e aprofundar todos os detalhes que envolvem esta decisão. Em breve também divulgará as suas conclusões.

A primeira fábrica para produção de memória RAM e semi-condutores seria construída em Pyeongtaek há cerca de dois anos. Aí começaria a produção em massa dos módulos de memória V-NAND de quarta geração. Evento que teve lugar durante o mês de julho de 2017. Agora, os analistas de mercado acreditam que a Samsung conseguirá completar a segunda linha de produção até 2020.

No último trimestre de 2017 o mercado mobile teve uma quebra de 9%. Agora, a a sul-coreana acredita numa recuperação rápida do mesmo.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei P20 Lite passa pela FCC, confirma-se a monocelha do iPhone X

Samsung Galaxy S7 edge já recebeu o Android Oreo, por engano…

Nokia 7 Plus será a escolha ideal na falta de um novo OnePlus X

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.