Samsung: maioria dos smartphones vão abandonar os processadores Snapdragon

Carlos Oliveira
Comentar

Um novo relatório veiculado pela publicação ETNews, dá conta de uma mudança significativa na estratégia da Samsung. Em causa, estão os processadores usados nos seus smartphones que brevemente serão mais independentes dos Snapdragon.

A estratégia da sul-coreana passará por dar primazia aos seus processadores Exynos. Um cenário transversal a todos os segmentos do mercado em que a marca participa.

Mais de metade dos smartphones Samsung serão equipados com Exynos

Atualmente, os processadores Exynos podem ser encontrados em sensivelmente 20% do portefólio da Samsung. Com efeito, possuem uma influência tímida, mas a tecnológica parece decidida a dar maior ênfase aos seus componentes.

Samsung

Segundo o relatório da ETNews, 50% a 60% dos smartphones da Samsung passarão a usar os processadores Exynos. Será uma expansão significativa e impactará produtos desde os topos de gama até aos humildes modelos de entrada.

Para conseguir alcançar esta meta, a Samsung já terá começado a expandir as suas fábricas dedicadas à produção de semicondutores. Adicionalmente, os seus parceiros também aumentarão o investimento para acomodar as novas metas da tecnológica coreana.

A atual escassez de componentes e chips parece estar na origem desta mudança de estratégia. Para tentar colmatar o problema, a Samsung quererá depender cada vez menos de terceiros para o desenvolvimento e produção dos seus equipamentos.

Ademais, devemos considerar a recente pareceria celebrada entre a Samsung e a AMD para o desenvolvimento dos processadores Exynos. Esta foi o primeiro passo dado pela sul-coreana para tentar afastar a imagem negativa que tem assombrado os seus SoC´s.

O primeiro fruto desta parceria será o alegado Exynos 2200 que deverá equipar algumas variantes dos Samsung Galaxy S22. Testes preliminares apontam para uma evolução significativa no desempenho gráfico destes quando comparados com os concorrentes atuais.

Embora os processadores Snapdragon sejam mais comuns nas gamas inferiores da Samsung, tudo indica que isso deixará de acontecer. Ao invés, veremos cada vez mais Exynos nestes equipamentos.

Fica, no entanto, por esclarecer se esta mudança de estratégia terá início já em 2022. Mas a fonte mostra-se bastante convicta que será uma questão de tempo até que a mudança comece a ser expressiva.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.