Samsung LG
Duas das maiores fabricantes mundiais de dispositivos móveis, investindo menos no R&D

Em primeiro lugar, por R&D entenda-se Research and Development, portanto na Pesquisa e Desenvolvimento de novos produtos e tecnologias. O mais recente relato surge-nos da Coreia do Sul, país de origem da Samsung, LG e várias outras fabricantes de dispositivos móveis.

Segundo avançam as fontes sul-coreanas, os quatro principais grupos empresariais, aos quais pertencem a Samsung e LG, a aposta na R&D é mínima. Mais ainda, apesar do aumento dos lucros poder rondar os 80%, principalmente no caso da Samsung, em média a aposta no R&D ronda os 10% de capital investido.

Vê ainda: 50 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

As informações avançadas pela Business Korea cita fontes como o Financial Supervisory Service (FSS). Esta foi a entidade que investigou as líderes de mercado na Coreia do Sul como a Samsung Electronics, Hyundai Motor, SK Hynix, e a LG Electronics. Em primeiro lugar, a Samsung terá investido o equivalente a 15.91 mil milhões de dólares no departamento de Pesquisa e Desenvolvimento. Cifra que representa um aumento de 13.6% face ao valor investido no ano passado neste departamento.

Olhando agora para a LG, a tecnológica terá investido o equivalente a 3.82 mil milhões de dólares neste departamento de Pesquisa e Desenvolvimento. Cifra que representa um aumento de 3.9% face ao valor investido no ano passado. Mais ainda, a grande maioria do investimento seria dedicado ao departamento de TV’s e máquinas de lavar a roupa, entre outros eletrodomésticos.

Samsung e LG, duas empresas de topo na Tecnologia

Notícias e previsões que têm preocupado alguns analistas de mercado, segundo os quais, o investimento na R&D deveria ser proporcional ao crescimento das empresas. Sobretudo quando a concorrência oriunda da China tem sentido um investimento crescente. Mais ainda, tem usufruído de vários apoios do governo para aumentar a competitividade. Aqui, apesar de a Samsung usufruir de uma posição cimeira no mundo da tecnologia nos últimos anos, a aposta e investimento na pesquisa deveria ser maior. O mesmo pode ser dito relativamente à LG.

Linha Samsung Galaxy valeu o lugar cimeiro à marca

Aqui, tanto a linha Samsung Galaxy para smartphones e tablets tem valido um forte crescimento para a marca. Aliás, nem mesmo o fiasco do Samsung Galaxy Note 7 abrandou o seu crescimento. Esta solidez foi entretanto reforçada com os lançamentos do Galaxy S8 e Samsung Galaxy S9, mais recentemente. Ainda assim, o novo S9 poderá estar a usufruir de uma adoção modesta no seu país natal, algo que poderá motivar o lançamento antecipado dos Samsung Galaxy Note 9.

Qual o impacto do modesto investimento na Pesquisa e Desenvolvimento?

Já por outro lado, a LG também tem obtido alguns lucros. Aliás, apesar de toda a divisão de smartphones e dispositivos móveis continuar em queda. Mais ainda, sem sinais de recuperação imediata, os demais departamentos estão mais sólidos. Com efeito, o departamento de televisores da LG nunca esteve tão forte como agora. Aliás, sendo líder com as suas TV’s OLED de qualidade incomparável.

Em suma, só o tempo dirá quais as consequências deste modesto investimento dos departamentos de Pesquisa e Desenvolvimento. Resta saber se isto não atrasará a chegada de novas tecnologias como o sensor biométrico sob o ecrã. Ou até mesmo o desenvolvimento de novas tecnologias de bateria, entre outras.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung Galaxy S6. Há vida para além do suporte oficial da Samsung?

Xiaomi Mi Band 3. Imagens dão-nos uma antevisão do novo TouchScreen

Motorola Moto E5 chegará com grande ecrã e grande bateria

Fonte | Via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).