Samsung já produz uma das melhores novidades dos Apple iPhone 13

Rui Bacelar
Comentar

A próxima geração de smartphones Apple chega em setembro próximo! Até lá, ficaremos gradualmente a conhecer os iPhone 13, bem como as suas principais novidades entre as quais podemos contar com um ecrã LTPO OLED com taxa de atualização variável.

Esta será uma das melhores novidades a integrar os Apple iPhone 13, provavelmente reservada para o iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max. Com efeito, estes são os candidatos prováveis para os ecrãs Samsung com taxa de atualização máxima de 120 Hz.

A Samsung já produz em massa os ecrãs LTPO para os iPhone 13 Pro e Pro Max

Apple Samsung

Vale ainda frisar que, de acordo com as fugas de informação, será a Samsung e a LG a produzir os ecrãs de todos os iPhone 13. Os mais acessíveis - iPhone 13 mini e iPhone 13 - terão um ecrã OLED com taxa de atualização fixa a 60 Hz, fabricado pela LG.

Para os modelos Pro a Apple reservará assim os tão cobiçados ecrãs Samsung LTPO OLED com taxa de atualização variável. A tecnologia permite-lhes poupar energia quando não é necessária uma alta taxa de atualização, entre outras vantagens.

Sabemos ainda, com base nos rumores e fugas de informação, que os ecrãs variarão entre as 5,4 polegadas (iPhone 13 mini), 6,1 polegadas (iPhone 13 e iPhone 13 Pro), com o modelo de maiores dimensões a ter um ecrã de 6,7 polegadas (iPhone 13 Pro Max).

Será uma das maiores melhorias na nova geração de iPhone para 2021

Esta opção terá sido estudada pela Apple para a atual geração iPhone 12. No entanto, a empresa acabaria por ter que escolher entre a taxa de atualização a 120 Hz e a implementação do suporte para redes 5G, tendo esta última recebido o aval da direção.

Face à tecnologia de então, o consumo energético seria demasiado oneroso para a bateria incluída nos telefones. Agora, contudo, com os ecrãs LTPO o display é capaz de adaptar (variar) a taxa de atualização, poupando energia sempre que possível.

Esta mudança dinâmica ocorre entre os 10 Hz e os 120 Hz consoante esteja a ser apresentado, por exemplo, um texto estático no ecrã, ou um cenário de jogo. Em ambos os casos o dispositivo adaptará a taxa de atualização dos conteúdos sempre que possível.

A Apple apelidará o ecrã a 120 Hz de ProMotion Display

Segundo a Digitimes, é este dinamismo que permitirá poupar até 20% de energia face à atual geração - iPhone 12. Assim, o consumidor poderá usufruir de uma apresentação de conteúdos mais fluída, quando necessário, e ter melhor autonomia de bateria.

Esta integração também deverá fazer com que a Apple implemente o Always On Display (AOD). Este modo comum nos smartphones Android tem sido apontado há vários anos para os iPhone, sem que tal viesse a acontecer até ao momento.

Relembramos que o AOD é útil para apresentar notificações, lembretes, eventos e outras notificações temporariamente. Note-se, contudo, que a implementação deste modo não foi confirmada pela Apple, sendo para já um rumor.

A LG está encarregue dos ecrãs a 60 Hz para o iPhone 13 e iPhone 13 mini

Apple iPhone 12

A LG estará a trabalhar nos ecrãs mais convencionais, a equipar os modelos mais baratos. Segundo as informações teremos ecrãs (LTPS) TFT OLED com taxa de atualização fixa a 60 Hz, o standard que conhecemos até ao momento.

Entre as melhorias apontadas para a nova geração está a possível inclusão do sensor TouchID no ecrã. A isto soma-se a possível redução da notch, bem como fortes melhorias para a câmara fotográfica e o novo processador Apple A15 Bionic.

O novo processador deverá apresentar-se como uma versão mais eficiente do atual A14. Algo que permitirá não só melhorar o desempenho como reduzir o consumo energético e, desse modo, aumentar a autonomia de bateria.

Melhores câmaras, ecrãs e o possível regresso do TouchID

Ainda de acordo com as novas informações, tanto a Samsung como a LG trabalham já afincadamente na produção dos ecrãs em questão. Aliás, a produção em massa terá começado este ano um mês mais cedo face a 2020, repondo-se a calendarização.

Recordamos que a Apple adiou, em 2020, a apresentação dos iPhone 12 em cerca de um mês, passando de setembro para outubro do último ano. Esta seria uma das consequências da situação pandémica que afetou profundamente todos os setores da indústria.

Este ano, contudo, terá sido retomada a habitual calendarização, garantindo que os componentes estão prontos a tempo. Assim, contamos com a apresentação dos novos iPhone 13 em setembro próximo.

A chegada ao mercado dos novos telefones Apple deverá ocorrer no final de setembro como tem vindo a ser hábito.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.