Samsung Galaxy S9 faz o pior segundo trimestre de sempre em vendas

Carlos Oliveira
Samsung Galaxy S9
Samsung Galaxy S9 não teve o sucesso desejado pela empresa

Os Samsung Galaxy S9 e Galaxy S9+ foram desvendados em fevereiro passado, no contexto da maior feira de tecnologia móvel do mundo. A nova geração de topos de gama Android continuou a apostar numa formula de sucesso, mas isso não foi totalmente benéfico para a empresa.

Quando comparamos estes topos de gama com os seus antecessores as melhorias são mínimas. Não temos aqui um par totalmente revolucionário, mas sim um duo que aperfeiçoou alguns pontos dos Galaxy S8.

Vê ainda: Huawei prepara-se para tirar a ‘notch’ e dar-nos sensor biométrico no ecrã

Em boa verdade, as grandes evoluções foram a realocação do leitor de impressões digitais e a introdução de uma câmara dupla. Este último ponto exclusivo do modelo Plus, pelo que terás de gastar uns euros extra para desfrutares da mesma.

Com efeito, aqueles que detêm o modelo apresentado em 2017 não viram grandes justificações para mudar de equipamento. Apesar disso, os Samsung Galaxy S9 tiveram um primeiro trimestre com números bem animadores.

Samsung Galaxy S9 terá vendido apenas 9 milhões de unidades neste período

No primeiro trimestre do ano os novos topos de gama Android terão vendido 10.2 milhões de exemplares. Números que os colocaram lado-a-lado do desempenho dos seus antecessores em igual período.

Até aqui tudo bem, mas o problema regista-se agora no período compreendido entre abril e junho. Segundo a publicação The Bell, os Samsung Galaxy S9 terão vendido apenas 9 milhões de exemplares em todo o mundo.

Números que representam o pior desempenho de sempre de um novo membro da família Galaxy S. Para efeitos de comparação, os Galaxy S7 venderam, no mesmo período, 15.6 milhões de unidades.

Já os Galaxy S8 venderam um total de 21.2 milhões de unidades até junho de 2017. Mas aqui importa notar que os mesmos foram desvendados apenas em março, tendo chegado ao mercado só em abril. Ou seja, menos um mês de vendas que os Galaxy S9.

Samsung Galaxy S9 Plus Top revista comsumer reports

Esta cifra assume uma maior importância tendo em conta que o segundo trimestre costuma ser sempre melhor que o primeiro. Algo normal tendo em conta que os novos equipamentos só costumam chegar às lojas no mês de março.

Para o restante do ano espera-se que estes números venham a diminuir. Facto facilmente justificável com a chegada ao mercado de novos concorrentes diretos. Mas ainda, o entusiasmo inicial já terá passado.

Importa notar que a empresa sul-coreana irá ainda desvendar um novo topo de gama, o Galaxy Note 9. Ainda assim, o desempenho deste também não deverá ser muito animador. Ao que parece, a própria Samsung terá definido uma meta de apenas 12 milhões de Note 9 vendidos em 2018.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi Mi A2 Lite é mais importante do que se imagina

Huawei prepara-se para estrear nova tecnologia nos smartphones Honor

Google cria nova plataforma para fazeres GIFs com os teus movimentos

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.