Sony Samsung Galaxy S9 Plus Android iFixit 1
Finalmente, separadas as duas metades que constituem o smartphone topo de gama da marca na desmontagem da ©iFixit

Depois de já termos aqui partilhado o relatório da TechInsights no qual era apresentado o provável custo de produção do Samsung Galaxy S9 Plus temos agora novas fontes. De acordo com a IHS Markit, os componentes utilizados para construir este topo de gama Android são os mais caros de sempre. Em jeito de comparação, o S9 Plus custará mais 43 dólares a produzir do que o seu antecessor, o S8 Plus.

Sendo quase tão caro de produzir como o iPhone X da Apple, o Samsung Galaxy S9 Plus custa consideravelmente menos. Não que isso faça dele um smartphone económico com um preço de venda ao público de 969,99€. Mesmo assim, o topo de gama Android ainda te permite poupar uns bons euros face aos 1170€ do topo de gama iOS.

Vê ainda: Xiaomi em Portugal. O gigante Android que vai mexer com o mercado

Agora, depois de ter feito uma desmontagem completa do produto, a IHS Markit concluiu que os componentes utilizados para o construir custam um total de 376 dólares. A desmontagem teve por base o produto SM-G965U1, o Samsung Galaxy S9 Plus com 64GB de memória interna.

Segundo esta fonte, com um custo exato de 375.80 dólares (arredondado para 376 dólares), o novo S9 Plus sai 43 dólares mais caro do que o seu antecessor, o S8 Plus. Algo que também se reflete no seu preço de venda ao público, igualando praticamente este aumento no custo de produção.

Samsung Galaxy S9 Plus é atual topo de gama Android

Note-se que o valor de 376 dólares reflete apenas o custo de produção, dos componentes utilizados e nada mais. Aqui não está incluída a mão-de-obra. Os licenciamentos. A investigação. O desenvolvimento de software. A assistência. Distribuição. Marketing. Impostos e carga fiscal entre muitos outros factores. Mais ainda, este valor (376 dólares) seria obtido com base no preço médio de cada componente utilizado no dispositivo móvel Android.

376 dólares ou cerca de 305 euros para produzir um Samsung Galaxy S9 Plus

Samsung Galaxy S9 Plus Android iFixit 1
Aqui podemos ver o resultado final. O Samsung Galaxy S9 Plus completamente desmontado. Peça por peça. ©iFixit

Posto isto, importa salientar que apesar de custar cerca de 376 dólares (aproximadamente 305 euros) a produzir o Samsung Galaxy S9 Plus isto e de ele custar 969,99€ isto não significa que a marca ganha 665 euros por cada terminal vendido. Longe disso se juntarmos todos os outros factores acima listados.

Mais ainda, a IHS Markit afirmaria que os componentes mais caros seriam a memória DRAM e o módulo de armazenamento flash NAND. Com os preços das memórias a subirem de valor, estes foram os componentes mais caros. Em seguida temos a câmara dupla com abertura variável, outro dos componentes que fez subir o preço estimado de produção de cada unidade.

Note-se ainda que o Samsung Galaxy S9 Plus conta com 6GB de memória RAM. Temos ainda um máximo de 256GB de armazenamento interno. Isto numa das suas versões. Conta com uma bateria de 3500mAh, tal como o Galaxy S8 Plus. Já o seu sistema operativo é o Android Oreo, a mais recente versão do sistema operativo da Google para dispositivos móveis.

O smartphone chegou a Portugal no dia 16 de março. Cerca de duas semanas após a sua apresentação em Barcelona no dia 25 de fevereiro. Marcaria o ponto alto do Mobile World Congress (MWC).

Outros assuntos relevantes:

Samsung Galaxy S8 Plus recebe atualização de segurança do Android

Motorola Moto G6 Plus trará resistência à água e 6GB de RAM

Samsung Galaxy J8 (2018) será o próximo smartphone com Android Oreo

Fonte | via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).