Samsung Galaxy S8: Bastará o Marketing para recuperar o tempo perdido?

Rui Bacelar
Comparação entre o Galaxy S7 (esquerda) suposto Samsung Galaxy S8 (centro) e Galaxy Note 7 (direita) Crédito: Forbes

Os Samsung Galaxy S8 e S8+ serão apresentados no dia 29 de março em Nova Iorque durante o próximo evento "Unpacked" da marca. Ambos os smartphones têm sido amplamente debatidos e as fugas de informação igualmente abundantes nestas últimas semanas.

Hoje proponho-me a analisar a receptividade do mercado e do público aos novos Samsung Galaxy S8, para além de vos dar a conhecer as novas fotografias de ambos.

Samsung Galaxy S8 vs LG, Sony e Huawei

Em primeiro lugar, vejamos a concorrência e as suas respectivas "armas". A conterrânea LG já apresentou o seu novo 20 mil unidades no seu dia de estreia nas lojas, o G6 ainda demorará algumas semanas até chegar à Europa e resto do mundo. O seu preço será superior a 700€ para o mercado europeu. A Sony, por seu lado, apresentou o smartphone mais promissor da Mobile World Congress (a meu ver) e também aquele que mais despercebido passou aos olhos dos media.

O Com um p.v.p recomendado de 649€ até 799€ (versão topo do Huawei P10 Plus), o seu principal trunfo face aos Samsung Galaxy S8 será o preço um pouco mais em conta, entre 100 a 150€ consoante as versões. Note-se ainda que os preços dos Galaxy S8 ainda não são oficiais.

Os trunfos dos Samsung Galaxy S8

Suposto Samsung Galaxy S8

Não serão muitos, pelo menos segundo o senhor Ming-Chi Kuo, famoso analista de mercado da empresa KGI Securities. Especificações à parte, o Samsung Galaxy S8 não conseguiu vencer o cepticismo deste senhor que normalmente se dedica aos assuntes de Cupertino e das lides do iPhone.

Segundo ele, a procura pelos Samsung Galaxy S8 seria mais baixa este ano devido a vários factores. Entre eles o facto de em 2017 termos dois topos de gama, os S8 e os Galaxy Note 7.

Próximos iPhone's não darão tréguas aos Samsung Galaxy S8

Teremos ainda um redobrar dos esforços da Apple para celebrar os 10 anos sobre o lançamento do primeiro iPhone.

Caso a gigante de Cupertino efetivamente apresente um Galaxy S7 são praticamente perfeitos e não será tarefa fácil superar este "par maravilha". Ademais, caso a Apple utilize painéis OLED nos seus próximos iPhone's, o público ficará ainda mais tentado pelo "produto da maçã". De acordo com as previsões deste analista, a Samsung expedirá cerca de 40 a 45 milhões dos novos Galaxy S8, uma quebra face aos 52 milhões registados em 2016 com os Galaxy S7. O atraso em cerca de um mês na chegada dos novos topos de gama ao mercado será o principal fator determinante.

A Samsung foi a construtora que mais smartphones vendeu durante o mesmo período com 308.5 milhões de unidades a sair dos seus armazéns, de acordo com a agência Strategy Analytics.

A cada dia, uma nova fuga de informação:

A cada dia que passa o puzzle dos novos Samsung Galaxy S8 vai-se completando. Hoje temos duas novas fotos que se juntam à já vasta galeria de imagens dos supostos Galaxy S8 (ou de alguns clones chineses destes dispositivos). Podemos ver, nestas novas fotografias, um vislumbre da sua aplicação de chamadas e do ecrã de bloqueio.

Segundo o analista Ming-Chi Kuo, os novos smartphones da Samsung chegarão ao mercado em Branco, Dourado, Preto Brilhante, Preto Mate, Rosa, Prateado, Azul e "Orquídea". A sua data de chegada às lojas está prevista para o dia 21 de Abril.

Até lá, já os seus principais concorrentes vão conquistando a preferência dos consumidores mas nunca ousem subestimar o poder e importância do Marketing, uma área em que a Samsung sempre se destacou positivamente.

Quais são as tuas expectativas para estes Samsung Galaxy S8? E será que a Nokia, quando efetivamente chegar às lojas, não vai roubar ainda mais clientes à gigante sul-coreana?

Outros assuntos relevantes

John Oliver ataca os problemas da Samsung com vídeo a não perder

BQ Aquaris X5 Plus já está a receber o Android 7.1 Nougat

Dica: Personaliza o teu Android com este guia da Google

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.