Samsung Galaxy S8 e S8 Plus são cada vez menos importantes para a empresa. Sabe porquê

Carlos Oliveira
1 comentário

Os Samsung Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus foram dos equipamentos mais marcantes da sul-coreana nos últimos anos. Lançados em 2017, estes smartphones trouxeram-nos a última grande revolução no design dos topos de gama da marca.

Passados três anos desde o seu lançamento, eis que a Samsung dá mais um passo no sentido da descontinuidade dos Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus. Tal como reporta a SamMobile, as atualizações de segurança para o par começarão a ser lançadas apenas a cada três meses.

Galaxy S8

Atualizações de segurança começarão a ser lançadas apenas de três em três meses

Até agora, os detentores de um Galaxy S8 ou Galaxy S8 Plus recebiam atualizações de segurança todos os meses. Atualmente, o meu Galaxy S8 conta com a atualização do mês de abril, algo que o deixava em linha com os Galaxy S20.

No entanto, parece que a próxima atualização do género só chegará em julho. Durante os próximos dois meses, a Samsung irá focar a sua atenção em modelos mais recentes do seu portefólio.

Esta media acaba por não ser uma surpresa, tendo em conta as políticas da empresa. A Samsung promete atualizações de sistema para os seus topos de gama durante dois anos.

Essa promessa foi cumprida, com os Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus a terem recebido duas grandes atualizações nos últimos anos. Ultimamente, tem sido contemplado apenas com correções de segurança e é possível que também essas venham a ser descontinuadas em breve.

Atualizações é uma das grandes desvantagens do Android

A política da Samsung não é única no mercado Android. As restantes fabricantes que usam o sistema operativo da Google também usam calendários semelhantes. Aliás, os próprios Pixel só recebem atualizações de sistema durante dois anos e de segurança durante três.

Nesse sentido, não podemos dizer que a Samsung esteja a falhar com os seus utilizadores, tendo cumprido com as suas promessas. A sua política de atualizações melhorou bastante nos últimos anos e isso deve ser mencionado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.