Samsung Galaxy S23 demonstra o poder do Snapdragon 8 Gen 2

Carlos Oliveira
Comentar

Vários rumores afirmam que os Samsung Galaxy S23 chegarão exclusivamente com o vindouro processador Snapdragon 8 Gen 2. Uma presença que já pudemos confirmar graças à recente passagem do equipamento pela plataforma Geekbench.

Tal acontecimento permite-nos ter uma visão antecipada do potencial do próximo processador de topo da Qualcomm. Este é o primeiro teste de benchmark disponível do vindouro SoC que equipará a maioria dos smartphones premium em 2023.

Snapdragon 8 Gen 2 mostra ligeiras melhorias face ao seu antecessor

Os valores registados no teste realizado ao Samsung Galaxy S23 revelam resultados de 1524 pontos em single-core e 4597 pontos em multi-core. Quando comparados com os resultados obtidos pelo Snapdragon 8+ Gen 1, vemos diferenças a rondar os 200 ou 300 pontos.

Galaxy S23 Geekbench

Não é um grande salto de uma geração para outra, mas demonstra que existirão algumas melhorias de desempenho entre estes componentes. Todavia, importa sublinhar que este é um teste muito precoce e suscetível de alterações aquando da versão final do componente.

Algo que esta passagem pela Geekbench confirma é a configuração pouco comum do Snapdragon 8 Gen 2. Tal como os rumores previam, este virá com um conjunto de três clusters, ou seja, 1+3+4 núcleos.

O primeiro deverá ser um Cortex-X3 com uma expectável melhoria de 25% face ao desempenho oferecido pelo núcleo Cortex-X2 do seu antecessor. Ademais, teremos núcleos Cortex-A715 e Cortex-A710 com diferenças de desempenho na ordem dos 5% entre ambos.

Relativamente ao Samsung Galaxy S23, este teste de benchmark demonstra que o smartphone virá equipado com 8 GB de RAM e com o Android 13 de fábrica. Pormenores já esperados para um dos mais relevantes topos de gama do próximo ano.

A apresentação oficial do Samsung Galaxy S23 deverá acontecer no início de 2023. Ainda nada está definido, mas a tradição diz-nos que a revelação deste equipamento acontecerá em fevereiro próximo.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.