Samsung Galaxy S21 (S30) não igualará a concorrência neste aspeto

Filipe Alves
Comentar

O Samsung Galaxy S21 (ou Samsung Galaxy S30) será apenas revelado no próximo ano, contudo, os rumores do smartphone começam a aparecer.

O conhecido leaker "Chun" revelou na sua conta de Twitter que o Samsung Galaxy S21 Ultra chegará com o carregamento rápido de 60W. Ou seja, consideravelmente menos rápido que o que a concorrência está a trazer ao mercado.

Samsung Galaxy S21 Ultra terá "apenas" 60W de carregamento rápido

Samsung Galaxy S21

Não me entendas mal, 60W de carregamento rápido é mais que suficiente para muitos utilizadores, porém, aqueles que querem ver o seu smartphone a carregar rápido que nunca, há marcas que estão a trabalhar nessa tecnologia.

60W fast charging 😏😏#GalaxyS21Ultra

— Chun (@Boby25846908) 19 de agosto de 2020

Espera-se que a Huawei, Xiaomi e OPPO (OPPO faz parte da mesma empresa que é dona da OnePlus, Realme, Vivo e IQOO) tragam carregamento rápido com mais de 100W. Uma velocidade que pode carregar um smartphone com uma bateria de 4000 mAh em pouco mais de 15 minutos.

Implicações de carregamento rápido nas baterias dos smartphones

Contudo, acredito que a Samsung faça bem ir devagar na evolução de carregamento rápido nos seus smartphones. Certamente tens na memória o "bombástico" Samsung Galaxy Note 7.

O smartphone teve de ser retirado do mercado porque estava a entrar em combustão sem razão aparente. A Samsung teve um mau bocado para recuperar o marketing e o bom nome da marca.

Ou seja, não esperes ver a Samsung a arriscar novamente em questões de bateria nos smartphones. Sinceramente ainda bem. Não sabemos ainda o quão o carregamento rápido poderá danificar a nossa bateria a longo prazo e só o saberemos quando estes terminais de 100W tiverem dois anos de uso a carregarem todos os dias a uma velocidade estonteante.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.