Samsung Galaxy S20 Ultra com processador Exynos enfrenta vários problemas

Carlos Oliveira
3 comentários

Os novos Samsung Galaxy S20 têm enfrentado muita controvérsia pelo desempenho das suas unidades com o processador Exynos 990. Os utilizadores queixam-se que estas variantes são consideravelmente inferiores às que contam com o Snapdragon 865.

Para apimentar um pouco mais esta polémica, temos um novo relato de um utilizador do Samsung Galaxy S20 Ultra com o Exynos 990. O utilizador Dawood, no Twitter, queixa-se de vários problemas no seu smartphone de 1379€.

With April security patch I got this new DJ feature on my Galaxy S20 Ultra. Such a crappy camera really disappointed from this phone. If I knew update won't make a major difference I would have returned it on the first week. Fck you Samsung for wasting my $1400 never Samsung 🤬😡 pic.twitter.com/zLxHa9OzBa

— Dawood (@pegasaie) 9 de abril de 2020

Dificuldades no foco da câmara é um dos principais problemas do Galaxy S20 Ultra

A principal queixa de Dawood está relacionada com o foco da câmara do seu Galaxy S20 Ultra. Como podes ver na sua publicação, o equipamento não consegue focar o objeto que tem à sua frente.

O queixoso afirma que isto aconteceu depois da atualização de abril para o equipamento. De facto, nenhuma análise, até ao momento, deste topo de gama havia refletido este grave problema na sua câmara.

Isto leva-nos a acreditar que uma atualização de software possa resolver o problema na sua câmara. Porém, as queixas continuam em níveis que não nos parece que possam ser colmatadas tão facilmente.

Sobreaquecimento e performance desapontante completam o leque de queixas

O mesmo Dawood queixasse que o seu Samsung Galaxy S20 Ultra aquece bastante e tem um desempenho aquém das expectativas. Críticas que muitos outros já haviam atribuído aos topos de gama da sul-coreana.

O grande mal é que tudo isto parece estar apenas cingido à variante com o processador Exynos 990. Quando se fala na versão com Snapdragon 865, estes problemas parecem não existir.

Independentemente da culpa ser do processador ou não, estas queixas não deveriam existir um smartphone de 1379€. Quando pagas esta quantia por um equipamento, esperas nada mais dele que perfeição.

Ao longo dos últimos anos, os processadores Exynos têm-se revelado abaixo do oferecido pelo semelhante da Qualcomm. O problema é a que Samsung não nos deixa escolher qual a versão que queremos comprar.

Este ano, a Samsung alargou a abrangência da versão com Snapdragon para mais mercados, nomeadamente na Coreia do Sul. No entanto, na Europa continuamos a ter disponível apenas a versão Exynos.

Ou seja, quem quiser comprar um dos Galaxy S20 no nosso país, terá de levar com uma versão que está abaixo do esperado e pagar o mesmo. Não há forma de o evitar, a menos que tenhas um contacto nos EUA, por exemplo, que te possa trazer uma versão Snapdragon para cá.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.