Samsung Galaxy S11+ utilizará baterias da LG. Entende a razão!

Filipe Alves
Comentar

Começa a ser habitual ver concorrentes a colaborar na construção de um smartphone. Exemplo disso mesmo é a Samsung e LG. De acordo com as mais recentes informações, o Samsung Galaxy S11+ utilizará baterias fabricadas pela LG.

Estas baterias da LG terão a capacidade de 5000 mAh, um valor consideravelmente acima do modelo anterior com 4100 mAh. A razão deste aumento deverá ser o ecrã com um refresh rate de 120Hz que consumirá mais autonomia.

Porque razão a Samsung escolheu a LG para as baterias

Samsung Galaxy S11

A Samsung fabrica baterias para smartphones. Então porque razão decidiu apostar na LG? Esta escolha caiu na LG devido à capacidade de fabrico.

A LG é uma das maiores fabricantes de baterias do mundo e a Samsung acredita que a concorrente sul-coreana tem o que é preciso para dar conta da demanda.

Lembremo-nos também do episódio do Galaxy Note 7 que não caiu no esquecimento. A Samsung tem sido muito mais cuidadosa na construção e desenvolvimento das suas baterias depois do desastre e explosivo Note 7.

LG já fornece baterias para o Galaxy Note 10

Mas esta medida não é exclusiva para o Samsung Galaxy S11+. O bem conhecido Galaxy Note 10 também tem baterias LG e na nossa review referimos que o terminal tem uma autonomia de se louvar. Ou seja, por muito que o software ajude, a qualidade das baterias também é importante.

Samsung espera que o Samsung Galaxy S11+ venda bem

Esta medida também nos leva a crer que a Samsung acredita que o S11+ será um sucesso. Caso contrário a marca faria as suas baterias sem grande problema no que toca à demanda.

Os modelos Galaxy S já tem o respeito e reconhecimento mundial e espera-se que os novos Galaxy S11 nos ofereçam uma qualidade de especificações, construção e câmara nunca vistas. Esperemos que a Samsung não falhe com o prometido.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.