Samsung Galaxy S11 poderá copiar a tecnologia Motion Sense do Pixel 4

Carlos Oliveira
Comentar

Uma das principais novidades do Google Pixel 4 é a tecnologia Motion Sense para interação com o smartphone através de gestos. Uma patente recentemente submetida pela Samsung revela-nos que a empresa está a desenvolver algo semelhante.

A sul-coreana submeteu junto do Gabinete de Propriedade Intelectual da União Europeia algo denominado de ISOCELL-Motion. Segundo a descrição, esta tecnologia consegue detetar movimentos e poderá ser aplicada em smartphones ou tablets.

Pixel 4 Motion Sense

Samsung usará um sensor de imagem para deteção de movimentos

A Google incorporou um radar no Pixel 4 para potenciar as funcionalidades do Motion Sense. Já no caso da Samsung, esta deverá utilizar um sensor de imagem para os mesmos propósitos.

Dada a diferente abordagem, resta saber se a tecnologia da Samsung conseguirá alcançar os mesmos resultados que a da Google. Ao usar um sensor de imagem, estará dependente da câmara do smartphone e poderá ter um alcance mais reduzido.

Com a proximidade do lançamento do Galaxy S11, este poderá ser um bom veículo para a introdução desta tecnologia no mercado. Não seria a primeira vez que fabricantes copiam funcionalidades de concorrentes nos seus topos de gama do ano seguinte.

Samsung já tentou introduzir esta tecnologia no mercado, mas sem sucesso

Importa relembrar que o Samsung Galaxy S4 já trouxe uma tecnologia de navegação por gestos, tal como vemos no Pixel 4. Contudo, essa abordagem não teve o sucesso pretendido, tendo sido imediatamente descontinuada.

Posto isto, temos de nos interrogar se realmente valerá a pena para a Samsung voltar a investir na tecnologia. Sabemos que com o decorrer dos anos a tecnologia vai melhorando e melhores propostas vão aparecendo no mercado.

Em todo o caso, a submissão de uma patente não significa que uma empresa venha a fazer uso dessa tecnologia. Este documento revela-nos que a Samsung estudou o caso, mas não garante que o Galaxy S11 ou outro equipamento venha mesmo a fazer uso dela.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.