Samsung Galaxy S10 também permite esconder o seu buraco no ecrã

Carlos Oliveira

O Samsung Galaxy S10 foi revelado esta semana e traz-nos uma nova filosofia de ecrã. O novo topo de gama da sul-coreana vem com um ecrã Infinity-O. Ou seja, conta com um pequeno orifício ou "buraco no ecrã" para albergar a sua câmara frontal.

Mas tal como a notch, poderá haver quem não seja muito fã desta abordagem. Para estes a sul-coreana incluiu no Samsung Galaxy S10 um método para "esconder" esta pequena interrupção no seu ecrã.

Samsung Galaxy S10

De maneira idêntica a muitos outros equipamentos, esta proeza pode ser alcançada através de uma manobra de software. Mais concretamente, uma vez ativada esta opção, será implementada uma barra preta no topo do ecrã do Galaxy S10.

Samsung Galaxy S10 recorre ao software para esconder esta pequena imperfeição

Todavia, com o ativar desta opção temos um ecrã muito menos elegante do que realmente é. Ficamos com uma margem superior bastante avultada, em especial de tivermos em conta o quão reduzida é a margem inferior do mesmo ecrã.

Desse modo, podemos dizer que o Samsung Galaxy S10 ficará muito menos assimétrico. Para além disso, tal como podes ver na imagem abaixo, ficamos com uma considerável área de ecrã desaproveitada.

Informações úteis como notificações, relógio, estado da bateria e mais serão mostradas abaixo desta barra preta. Além do mais, ao olhar com atenção, continuamos a vislumbrar as câmaras frontais do equipamento.

Poderás então dirigir-te às Definições de ecrã do Samsung Galaxy S10 para ativar esta possibilidade. Esta opção poderá ser algo vantajosa para aplicações que ainda não sejam capazes de tirar total proveito deste novo ecrã Infinity-O.

Por fim, numa nota pessoal, quero apenas exprimir que está não é, de todo, uma solução que me agrade. Não vejo esta opção de esconder o "buraco no ecrã" como algo elegante. Principalmente num ecrã que, no seu estado natural, ocupa mais de 90% da estrutura frontal do equipamento.

Editores 4gnews recomendam:

Opinião: Samsung Galaxy Fold não é tão caro quanto dizem

Phones vão ficar um passo atrás dos smartphones Android no 5G

Em 2018 venderam-se mais topos de gama que em 2017, diz estudo

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.