Samsung Galaxy S10 não permite uso pleno da câmara frontal em algumas apps

Carlos Oliveira

A mais recente queixa proveniente dos utilizadores dos Samsung Galaxy S10 diz respeito à sua câmara frontal. De acordo com os relatos, aplicações terceiras não são capazes de utilizar todo o campo de visão desta câmara. Um problema transversal a todas as três variantes deste topo de gama.

Por conseguinte, ao usares a câmara frontal do teu Samsung Galaxy S10 em aplicações como Facebook, Snapchat, Instagram e outras, a câmara apresenta-se em "modo zoom". Desse modo, será captada muito menos informação de que seria suposto.

Samsung Galaxy S10

Como é sabido, os novos Samsung Galaxy S10 vêm com uma lente grande angular na sua câmara frontal. Contudo, com este cenário tornar-se impossível, a qualquer utilizador, tirar pleno proveito da câmara que tem em sua posse.

Samsung Galaxy S10 traz alguns inconvenientes na sua câmara frontal

Ao que parece, a própria sul-coreana terá limitado, a aplicações de terceiros, o uso da sua câmara frontal aos termos que aqui descrevemos. Em consequência, aplicações como as referidas tornam-se impotentes para o uso pleno da câmara frontal do Galaxy S10.

Embora em casos normais o utilizador possa mudar as definições da câmara para contornar este problema, aqui não temos essa possibilidade. É impossível mudar o campo de visão em aplicações externas, o que naturalmente revela-se bastante inconveniente.

Em todo o caso, não sabemos com exatidão se o problema se encontra do lado da Samsung ou das próprias aplicações. Nesse sentido, revela-se igualmente impossível saber de que forma este problema poderá ser solucionado e se alguma vez o será.

Perante este cenário, o melhor que tens a fazer é tirar fotografias com a aplicação da câmara original do teu Samsung Galaxy S10 e só então carregá-las para as tuas redes sociais.

Editores 4gnews recomendam:

Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.