Samsung Galaxy S10 terá capacidades próprias de Inteligência Artificial

Carlos Oliveira
Samsung Galaxy S10 impressão digital 4gnews
Novo topo de gama deverá seguir outra das tendências do mercado

O Samsung Galaxy S10 só será apresentado no principio do próximo ano, mas já muito se fala sobre ele. Em boa verdade, por esta altura, a sul-coreana já deverá ter finalizado o desenvolvimento do smartphone, pelo que os rumores deverão ser mais constantes.

Sendo este um topo de gama não esperamos nada menos do que o melhor do Galaxy S10. Depois de um S9 e Note 9 que pouco nos trouxeram face aos antecessores, a sul-coreana precisa de surpreender os seus clientes.

Vê ainda: Samsung Galaxy A6s é o primeiro a não ser fabricado pela fabricante

Acima de tudo deve colocar no mercado um smartphone com argumentos que justifiquem a sua compra. Uma das tecnologias que se tem falado para tal é o sensor de impressões digitais sob o ecrã. Além disso, o Samsung Galaxy S10 deverá trazer uma câmara tripla na sua traseira.

Para além destas tecnologias, a Inteligência Artificial começa a estar mais presente no mercado mobile. Não me quero referir apenas às assistentes virtuais mas também a outros tipos de capacidades de machine learning.

Samsung Galaxy S10 deverá ter processador com NPU

Aqui entenda-se capacidade de reconhecimento de paisagens, alocação inteligente de recursos e outros. Uma das primeiras marcas a fornecer-nos tal foi a Huawei com o Kirin 970 com Unidades de Processamento Neural.

Em seguida também a Apple se juntou a este leque com o seu mais recente Apple A12 Bionic, capaz de realizar 5 triliões de operações por segundo. Em contrapartida, a Samsung ainda não entrou neste barco. Algo que deverá mudar em 2019.

Ao que tudo indica, o próximo processador Exynos 9820 terá finalmente uma NPU própria. Este será o SoC a equipar a versão internacional dos futuros Samsung Galaxy S10 e Galaxy Note 10.

A primeira pista a apontar para tal chega-nos diretamente de um perfil no LinkedIn. Este é respeitante a um ex-funcionário da sul-coreana, no qual o mesmo refere inequivocamente o seu envolvimento no desenvolvimento de um novo núcleo NPU.

Importa notar que a Samsung já desenvolveu um chip próprio com uma Unidade de Processamento Neural, porém, não o incluiu no Exynos 9810. Assim sendo, é sem grandes surpresas que se especula que um novo núcleo tenha sido desenvolvido e que este seja parte integrante do novo processador Exynos 9820.

Novo Exynos 9820 terá de ser equiparável ao Snapdragon 8150

Por outro lado, é do conhecimento público que a sul-coreana utiliza dois processadores nos seus topos de gama. Para além da versão internacional com um SoC Exynos, temos alguns mercados selecionados com processadores Snapdragon.

Ora, é também do conhecimento geral os esforços da Samsung para equiparar o desempenho de ambas as versões. Visto que o futuro Snapdragon 8150 deverá ter uma unidade NPU, é apenas lógico que o Exynos 9820 também o tenha.

Ainda antes da apresentação do Samsung Galaxy S10 teremos a apresentação do novo Exynos 9820. Quando tal acontecer ficaremos a saber todo o poder que este virá a oferecer ao futuro topo de gama da gigante sul-coreana.

Editores 4gnews recomendam:

Google Pixel 3: panfleto de operadora revela novas funcionalidades

Android. Já sabemos qual é o nome do misterioso Xiaomi Lex

Facebook Lite encontra-se finalmente disponível para o iOS

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.