Samsung Galaxy Note 20 vai desiludir muita gente. Entende

Carlos Oliveira
Comentar

Falta pouco mais de um mês para a apresentação dos Samsung Galaxy Note 20. Os últimos rumores apontam para que a empresa sul-coreana apresente três novos equipamentos no dia 5 de agosto.

Com esta panóplia de equipamentos, a Samsung terá encontrado uma forma de os diferenciar que não irá agradar aos fãs. Segundo o que avança o conhecido Ice Universe, o modelo base (Samsung Galaxy Note 20) terá especificações "desesperantes".

Wide frame + flat screen + FHD resolution + 60Hz refresh rate.It's a desperate specification.😑

— Ice universe (@UniverseIce) 17 de junho de 2020

Características conhecidas do Samsung Galaxy Note 20

  • Ecrã sem margens curvas
  • Taxa de atualização de 60Hz
  • Resolução Full-HD+

Estas informações não são novas, mas vindas de Ice Universe apresentam-se com uma maior dose de credibilidade. Elas mostram, então, que o ecrã do Galaxy Note 20 será inferior aos dos seus irmãos.

Isto porque se espera que os Samsung Galaxy Note 20 Plus e Galaxy Note 20 Ultra venham com ecrãs curvos. Ademais, virão com resolução Quad-HD+ e uma taxa de atualização de 120Hz.

Falta ainda saber pormenores com o processador e as câmaras do Samsung Galaxy Note 20 para verificarmos como ele se posicionará ao lado dos seus irmãos. Ainda assim, é possível que essas diferenças não sejam gritantes.

A ser tudo isto verdade, será pelo ecrã que a Samsung quererá diferenciar os novos membros da família Note. Além de conseguir reduzir o preço do equipamento, dará aos utilizadores razões para optar pelos modelos mais caros.

Mas será que a diferença de preço entre eles compensará? Essa é uma conclusão que ainda não podemos retirar, pois ainda não existem informações sobre os preços dos Galaxy Note 20.

Com o aproximar da apresentação dos Samsung Galaxy Note 20, mais dados começarão a surgir. Esses serão importantes para percebermos qual a estratégia da Samsung para o que resta do ano.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.