Samsung Galaxy Note 20 terá uma séria desvantagem face ao Note 20 Plus

Carlos Oliveira
Comentar

Os Samsung Galaxy Note 20 serão os próximos topos de gama da sul-coreana e é tempo de começarmos a falar mais sobre eles. Os rumores apontam para apenas dois modelos, tal como no ano passado, mas há algo que os diferenciará além do tamanho do seu ecrã.

De acordo com o que avança Ross Young, o Samsung Galaxy Note 20 virá com um ecrã com taxa de atualização de apenas 60Hz. Isto significa que os 120Hz serão reservados para o Galaxy Note 20 Plus.

Galaxy Note 20 Plus será o único com ecrã de 120Hz

É importante notar que ainda ontem o mesmo Ross Young afirmou que ambos os modelos teriam um ecrã de 120Hz. No entanto, hoje ele diz que a Samsung confirmou-lhe que apenas o modelo maior terá direito a uma taxa de atualização superior.

Esta decisão acaba por ser uma surpresa uma vez que todos os Galaxy S20 contam com uma taxa de atualização de 120Hz. Assim sendo, era expectável que a mesma ideologia fosse empregue nos novos Note, mas isso parece que não irá acontecer.

Esta limitação terá que ver com os custos associados ao novo painel LTPO. O novo ecrã que a Samsung deverá usar nos Galaxy Note 20 é mais caro e limitar a sua taxa de atualização é uma das formas encontradas pela empresa para manter um preço mais baixo.

Galaxy Note 20 virá com 128GB de armazenamento no modelo base

Outra das formas encontradas pela sul-coreana para não subir em demasia ao preço dos seus próximos topos de gama será a quantidade de memória interna. De acordo com a SamMobile, os novos Galaxy Note 20 virão com uma configuração base de 128GB.

Esta é também a memória base dos Galaxy S20, mas importa notar que os Galaxy Note 10 vinham com um armazenamento base de 256GB. Ainda assim, é provável que a sul-coreana continue oferecer a última configuração aos que estiverem dispostos a pagar mais parra ter mais espaço para guardar os seus dados.

Os novos Samsung Galaxy Note 20 só deverão ser apresentados em agosto. Ainda falta muito para que a sua apresentação aconteça, por isso tem sempre alguma cautela com os rumores que vão surgindo.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.