Samsung Galaxy Note 10 estão a ser um sucesso, diz a Samsung

Carlos Oliveira
Comentar

Com a apresentação dos resultados financeiros da Samsung relativos ao terceiro trimestre do ano, a tecnológica deu-nos um vislumbre do comportamento dos Galaxy Note 10 no mercado. Segundo o que é informado, esta família já superou as vendas do Galaxy Note 9.

Infelizmente, a Samsung não forneceu números relativos às vendas. Assim sendo, não temos dados para comparar quantitativamente o desempenho dos Note 10 face aos seus antecessores.

Galaxy Note 10+

Novo design e mais modelos poderão justificar o aumento de vendas

Vale relembrar que, esteticamente, o Galaxy Note 9 não era assim tão diferente do Note 8. No entanto, o mesmo não se aplica ao Note 10, ao apresentar-se com um design mais contemporâneo face ao seu antecessor e isso certamente cativou mais compradores.

Outro dado que podemos apontar é a presença de dois modelo Note 10 - o Galaxy Note 10 e Galaxy Note 10 Plus. Isto deu mais opções de compra aos consumidores, algo que certamente ajudou a aumentar o número de vendas face a 2018.

Por fim, mas não menos importante, temos a adição de mais câmaras na traseira do smartphone. O Note 10 conta com três lentes, ao passo que o Note 10 Plus adiciona ainda uma lente ToF. Para os amantes de fotografia, isto foi mais uma justificação para adquirir o novo modelo.

Nada disto foi referido pela Samsung, mas são suposições lógicas que podemos fazer face às suas afirmações. Estes terão sido os principais pontos pelos quais os consumidores se mostraram mais propensos à compra do novo smartphone.

Segmento mobile da Samsung continua a crescer

Olhando agora para as finanças da empresa sul-coreana, podemos dizer que a Samsung está a melhorar. Durante o terceiro trimestre de 2019, a sul-coreana reportou receitas na ordem dos 25 mil milhões de dólares, o que resulta em lucros de 2.5 mil milhões.

Esta cifra representa um crescimento de 32% face ao mesmo período de 2018. Importa notar que o mercado de smartphones tem estado em contração, mas os últimos indicadores mostram que esse sentido está a inverter-se.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.