Samsung Galaxy M40 revela parte das suas especificações na Geekbench

Carlos Oliveira

Mesmo depois de ter apresentado os Galaxy M10, M20 e M30, a Samsung prepara um quarto elemento para esta família. Esse será o Samsung Galaxy M40 que vê parte das suas especificações reveladas graças à sua passagem pela Geekbench.

Graças a esta plataforma, ficamos a saber que o Galaxy M40 chegará com um processador Snapdragon 675 e ainda 6GB de RAM. Já no departamento de software terá ao seu dispor o Android Pie 9.

Galaxy M40

Tudo isto conjugado potenciou as pontuações de 2350 em testes de single-core e 6410 e multi-core. Resultados que o colocam acima dos seus irmãos supra referidos e que atestam o posicionamento do Samsung Galaxy M40 no mercado.

Samsung Galaxy M40 será o mais recente membro da nova família da sul-coreana

Até ao momento, não há muito mais que possamos adiantar relativamente ao Samsung Galaxy M40. Os pormenores relativos a ele são escassos, pelo que tudo o que possamos dizer em seguida é mera especulação.

Com efeito, este será certamente o modelo mais poderoso, até ao momento, desta família. Ira colocar-se acima do Galaxy M30, sendo provável que herde alguns pormenores desse modelo.

Galaxy M

A Samsung começou o ano com a introdução da nova família Galaxy M. Esta tem como objetivo os mercados em desenvolvimento, visto tratarem-se de modelos de gama de entrada.

A Índia tem sido um dos mercados mais visados com esta nova linha de smartphones. Ainda assim, também Portugal e outros têm igual acesso a esses modelos, que irão agradar certamente àqueles que não têm muito dinheiro para despender num smartphone.

Tendo já passado pela Bluetooth SIG e Wi-Fi Alliance, será uma questão de tempo até que o Samsung Galaxy M40 seja revelado de forma oficial. A sul-coreana não costuma fazer muito alarido em torno da revelação destes terminais, pelo que tal poderá acontecer a qualquer momento.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.