Samsung quer colocar a câmara de selfies atrás do ecrã já em 2019

Rui Bacelar
Samsung Galaxy A9s quatro câmaras Logo
A tecnológica sul-coreana está a preparar grandes surpresas para 2019.

A tecnológica sul-coreana lançou em 2019 a geração Galaxy S9. São dois smartphones Android topo de gama bastante conservadores e idênticos à geração anterior. Todavia, para 2019 a Samsung deverá surpreender com dispositivos Android bem arrojados.

Em primeiro lugar, já em 2019 começaremos a ver o leitor de impressões digitais presente sob o ecrã. Algo que já encontramos no Huawei Mate 20 Pro, entre outros smartphones recentes. Por conseguinte, para o ano veremos um redobrar de esforços por parte da Samsung.

Vê ainda: Huawei surpreenderá o mundo com os próximos smartphones

Em primeiro lugar e com o leitor de impressões digitais já embutido sob o ecrã, a sul-coreana estará já a planear o próximo passo. Por conseguinte, este deverá passar não só pelos smartphones e ecrã dobráveis bem como uma nova abordagem às câmaras frontais.

Nesse sentido temos agora indicação de que a Samsung estará a desenvolver e a testar uma forma de colocar a câmara frontal sob o ecrã. Isto é, colocar a câmara de selfies já embutida no display do smartphone, por trás do ecrã. Algo que transformaria o aspecto do painel frontal dos smartphones Android.

Samsung testa nova abordagem ao conceito de "notch"

Em segundo lugar, torna-se muito fácil imaginar um smartphone Android em que o ecrã ocupe essencialmente todo o painel frontal. Um dispositivo em que a câmara fotográfica não obrigue as fabricantes a implementar uma notch ou monocelha no topo do mesmo. Um smartphone Android em que o ecrã não tenha que se moldar em torno da câmara e diversos sensores. Um dispositivo Android em que o ecrã possa ser o único protagonista do painel frontal do mesmo, sem distrações ou imperfeições no design. Esta é a ambição atual da Samsung.

Samsung Galaxy Note 9 Android smartphone
Poderá o sucessor deste terminal implementar a nova abordagem?

Em terceiro lugar, temos visto várias fabricantes a tentar contornar esta situação nos seus terminais Android. Veja-se o Xiaomi Mi MIX 3 que terá toda uma aba deslizante na qual estarão as câmaras de selfie bem como os sensores necessários. Vejam-se os mil e um smartphones com uma notch para acolher a câmara frontal e respectivos sensores.

Próxima geração de topos de gama Android poderá implementar as novidades

Imagine-se agora um smartphone que não necessite de nenhuma dessas soluções. Em que a câmara frontal já não seja um empecilho nem obrigue a manobras curiosas no design e mecânica dos smartphone.

É exatamente isso que a Samsung estará a fazer, testando vários protótipos de vários smartphones Android com uma nova abordagem. Tudo isto para que a Samsung nunca tenha de se "render" à moda das monocelhas ou notch.

Todavia, esta tecnologia estará ainda numa fase muito precoce, sem provas dadas de sucesso ou viabilidade. Ainda assim, não será de todo insensato dizer que em 2019 poderemos ver alguns protótipos já funcionais.

Em suma, esta tecnologia poderá muito bem chegar ao Samsung Note 10 em meados de 2019 ou, numa abordagem mais conservadora, em 2020.

Editores 4gnews recomendam:

EMUI 9.0 estreia-se nos Huawei Mate 20 com novos recursos de IA

Android: Imagem mostra Huawei Honor Magic 2 com 4 câmaras traseiras

Huawei Mate 20 Pro: Pontuação AnTuTu fica bem abaixo da concorrência

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).