Samsung Galaxy A52 5G review: pouco acima de medíocre em 2021

Rui Bacelar

A Samsung, líder de mercado, apresentou os Galaxy A52, A52 5G e A72 a 17 de março com a promessa de tornar a inovação acessível a todos. A 4gnews testou o Galaxy A52 5G - modelo intermédio - com p.v.p. recomendado de 459,90 € em Portugal.

Enquadrando o leitor, a linha Galaxy A agrega os smartphones de gama média da Samsung com produtos apontados para a faixa etária mais jovem com argumentos escolhidos a dedo. Bom ecrã. Boa câmara. Bateria duradoura. Mas será tudo isso?

Encontramos, desde logo, nos três smartphones da linha Galaxy A um design inspirado nos topos de gama da linha Galaxy S, ainda que numa versão desprovida de inspiração. São três smartphones construídos em plástico e isso nota-se de imediato.

O Samsung Galaxy A52 5G está disponível com 128 GB de armazenamento, custando 459,90 €, ou 256 GB, custando 509,90 €.

Samsung Galaxy A52 5G

Pontos fortes do Samsung Galaxy A52 5G:

  • Ecrã grande, brilhante e com alta taxa de atualização a 120 Hz
  • Autonomia de bateria para todo o dia (ou até mais se for necessário)
  • Certificação IP67 e construção relativamente leve
  • Câmara principal bastante capaz

Pontos fracos do Samsung Galaxy A52 5G:

  • Desempenho sofrido em algumas situações (jogo)
  • Interface - One UI 3.1 - com algum bloatware
  • Câmaras secundárias deixam algo a desejar

Unboxing e primeiras impressões

Samsung Galaxy A52 5G
A caixa do smartphone é bastante insípida, mas temos o carregador USB.

A caixa do smartphone é particularmente simples, de cartão leve. No seu interior, encontramos o telefone, o guia de iniciação rápida com instruções para o utilizador, o acessório para ejeção do tabuleiro do cartão SIM (nano SIM), cabo USB e o carregador.

Sim, ao contrário dos modelos topo de gama o Samsung Galaxy A52 5G continua a trazer o adaptador de parede / carregador USB, além do cabo USB-C a USB-A. Impresso na caixa temos também algumas informações rápidas do telefone.

Samsung Galaxy A52 5G
A caixa é austera, mas traz o essencial.

A qualidade do cabo e do carregador USB não merece grande nota, sendo de plástico convencional e leve. Não há muito mais a dizer, para quem gosta da experiência de unboxing, aqui pouco encontra de gratificante.

Vale ainda frisar que o smartphone não vem equipado com uma capa de proteção, tampouco uma película no ecrã.

Escolhas de design e qualidade de construção

Samsung Galaxy A52 5G
Os novos Galaxy A bebem inspiração da linha Galaxy S21.
  • Aspetos-chave:
  • Peso: aproximadamente 189 gramas
  • Dimensões: 159,9 x 75,1 x 8,4 mm (altura x largura x espessura)

O Samsung Galaxy A52 5G e demais elementos da linha Galaxy A têm este ano um novo design. É levemente inspirado na linha de topo, os Galaxy S21 trazendo destes um fio condutor vem visível no módulo destacado das câmaras fotográficas.

É um smartphone particularmente angular, mas com todos os cantos e arestas perfeitamente arredondados. Não há esquinas vivas e a construção, ainda que toda de plástico, denota um bom controlo de qualidade. As laterais são cromadas.

A traseira está bastante clean, respirando com este novo acabamento mate, portanto, sem brilho e melhor escondendo as impressões digitais e sujidades, mas não na totalidade! Apesar de disfarçadas, continuam a notar-se.

Samsung Galaxy A52 5G
O aspeto da traseira é bastante elegante e "clean".
  • Frente em vidro Gorilla Glass 5
  • Laterais (estrutura) e traseira em plástico policarbonato
  • Certificação IP67

Dito isto, o seu design é uma amálgama do que de melhor trouxe a série Note 20 e a gama Galaxy S21. Há uma notória plataforma para as câmaras e o smartphone sente-se grande na mão. Não é uma pegada particularmente subtil, mas pode ser bom para jogar.

Por outro lado, ao pegar no smartphone sentimos que está longe de ser um produto premium. O plástico interrompe qualquer sonho de aparente grandeza que possamos ter ao usar o Samsung Galaxy A52 5G. É um produto de gama média, não mais que isso.

Aliás, o smartphone aparente ser mais barato do que realmente é ao olhar e sobretudo ao pegar nele. Não surpreendeu neste ponto.

A certificação IP67 é um grande bónus neste telefone Samsung

Samsung Galaxy A52 5G
A resistência à água é um ponto bastante positivo neste telefone Samsung.

Aliviando o jugo do plástico neste telefone, há uma grande benesse na forma da certificação IP 67. Isto significa que o Samsung Galaxy A52 5G é capaz de resistir ao pó e à água até 30 minutos a uma profundidade máxima de 1,30 metros.

Vale frisar que é ainda raro encontrarmos este tipo de certificação em smartphones mais baratos, ou de gama média. No entanto, não o leves para o mar uma vez que a água salgada danificaria o smartphone. O mesmo é válido para o cloro das piscinas.

Em síntese, neste telefone encontrarás o plástico como único material de construção (traseira e estrutura), tirando o vidro Gorilla Glass 5 a revestir o painel frontal. Esta é uma das principais diferenças face aos modelos mais caros da Samsung.

O novo Samsung Galaxy A52 5G aparenta ser durável

Samsung Galaxy A52 5G
A estrutura (laterais) é arredondada e cromada.

Face à geração anterior, o novo modelo está um pouco mais pesado, mais espesso, mas com certificação IP67. Isto leva-nos a crer que será mais durável e longo prazo, sendo um forte destaque positivo. Louvamos esta iniciativa da Samsung.

Note-se ainda que, apesar do toque pouco premium do plástico, este será mais durável que o vidro. Ou, pelo menos, aguentará mais facilmente uma queda, alguns riscos e abusos durante o uso normal e expectável do produto.

Mais ainda, sendo um plástico fosco, com uma leve textura areada, até o poderíamos confundir com os novos tratamentos dado ao vidro nos smartphones.

O design é simétrico, simples e sóbrio

Samsung Galaxy A52 5G
O telefone está disponível em várias cores como o Branco, Preto, Violeta e Azul.

Os demais elementos de design estão no local habitual. Isto é, temos o botão On/Off e seletor de volume na lateral direita - porção superior - com um clique satisfatório, mas revelador da sua construção económica.

O tabuleiro para o cartão de memória e cartão SIM está localizado na aresta superior, suportando cartões de até 1 TB para expansão do armazenamento. A aresta esquerda do smartphone está desprovida de qualquer botão ou interrupção.

Por fim, temos o altifalante principal, porta USB-C e microfone principal, além do jack de 3,5 mm na aresta inferior do smartphone.

Os altifalantes duplos são outro bom destaque do Samsung Galaxy A52 5G

Samsung Galaxy A52 5G
O design segue linhas sóbrias e simétricas neste smartphone Samsung.

A presença de dois altifalantes - o principal na aresta inferior e o secundário no topo junto do auscultador - são um dos destaques deste smartphone Android. Proporcionam palco sonoro em estéreo (dois canais), algo particularmente apreciado para música.

De igual modo, é também valorizado para jogos ao dar-nos uma melhor perceção do envolvente e também para ver vídeos. No entanto, para um telefone de 500 euros (aproximadamente), esperava por melhor qualidade de som.

Samsung Galaxy A52 5G

Entre as comodidades deste Samsung Galaxy A52 5G apontamos ainda o leitor de impressões digitais embutido no ecrã. Não é um leitor ultrassónico como nos modelos de topo, sendo aqui um leitor ótico, mais lento, mas também cumpridor da tarefa.

Olhando para trás temos algumas melhorias notórias face aos Galaxy A51, nomeadamente a certificação IP67 e os altifalantes duplos.

O ecrã do Samsung Galaxy A52 5G é muito bom para o preço

Samsung Galaxy A52 5G
O ecrã AMOLED é um dos melhores atributos deste smartphone.
  • Dimensões: 6,8 polegadas
  • Resolução: Full-HD+ (1080 x 2400 p) 407 ppp
  • Brilho: 800 nits (máximo)
  • Taxa de atualização: até 120 Hz

Há muito para gostar no ecrã deste smartphone. Fiel à sua promessa, este é um dos 3 bastiões do Galaxy A52 5G. Mantém o tamanho do modelo anterior, mas está bem mais atraente graças à alta taxa de atualização agora até 120 Hz.

Importa frisar que o seu irmão (mais barato), o Samsung Galaxy A52 tem o mesmo ecrã, mas com taxa de atualização até 90 Hz. A isto soma-se também o aumento do brilho máximo para 800 nits que garante uma muito boa visibilidade ao ar livre.

A opulência dos ecrãs AMOLED está bem presente neste Galaxy A52 5G

Samsung Galaxy A52 5G
Destacamos o bom brilho e alta taxa de atualização num ecrã AMOLED.

Este ecrã brilhante apresenta cores relativamente precisas, mesmo para um smartphone de gama média que custa cerca de 500 euros. Sinceramente, não esperava uma experiência visual tão gratificante, mas ainda bem que a pude ter.

Temos aqui um painel AMOLED com resolução Full-HD+ e densidade de pixeis mais que suficiente para proporcionar uma excelência visual para ver vídeos no YouTube, jogar e usar o telefone em qualquer outro cenário.

Para o seu preço, no respeitante ao ecrã, não temos queixas.

Samsung Galaxy A52 5G
As margens são relativamente diminutas com cantos arredondados.

Dotado de bezels reduzidos e com cantos arredondados, o seu queixo é maior que a aresta superior, impedindo-o de ter uma aparência perfeitamente simétrica. Não que isso condicione ou influencie a qualidade da utilização deste bom ecrã.

Aliás, com os 120 Hz ativos (é possível ajustar este ponto nas Definições) temos uma experiência extremamente fluída. Isto nota-se, sim, ao folhear artigos no telefone, ao deslizar entre publicações, ao ver vídeos no YouTube (até certo ponto) e ao jogar!

O ecrã ou apresenta uma taxa de atualização a 120 Hz, ou apresenta os conteúdos a 60 Hz. Não é adaptável.

O "Modo Escuro" e o conforto ocular marcam presença

Samsung Galaxy A52 5G
Temos também outras benesses neste ecrã Samsung.

O Samsung Galaxy A52 5G oferece ainda algumas benesses atuais como o Modo Escuro, conforto ocular, painel / barra flutuante lateral, gestos de navegação, modo preparado para uso de luvas e controlos diretos através da barra de notificações para o brilho.

Em síntese, temos um grande leque de opções que nos permitem tirar mais partido do ecrã e do telefone propriamente dito. É um dispositivo moderno, bem equipado no que ao display diz respeito.

Vale salientar que este ecrã é interrompido apenas pela câmara frontal, ao centro, na porção superior do mesmo.

Câmaras...muitas, mas só uma digna de nota!

Samsung Galaxy A52 5G
O telefone está equipado com um sistema de câmara quádrupla.
  • Câmara principal: 64 MP (grande angular) + 12 MP (ultrawide) + 5 MP (macro) + 5 MP (produnfidade)
  • Câmara secundária: 32 MP
  • Gravação de vídeo: até 4k a 30 fps / Full-HD até 60 fps

O Samsung Galaxy A52 5G está equipado com um leque já comum de câmaras fotográficas. Um total de quatro sensores de imagem pode ser visto na sua traseira, com um sensor principal de 64 MP que coordena a composição fotográfica e videográfica.

Samsung Galaxy A52 5G
Captada com a câmara principal (64 MP) do Samsung Galaxy A52 5G

Sem esmiuçar detalhes, a câmara principal de 64 MP é efetivamente muito boa. Para aquela foto casual, para tirar o smartphone do bolso, apontar e captar o momento, esta é a única câmara que precisas para a maioria dos cenários e, sim, é francamente boa.

Samsung Galaxy A52 5G
Captada com a ultra-grande angular do Samsung Galaxy A52 5G.

As imagens captadas com a câmara principal de 64 MP agregam a informação de quatro pixeis adjacentes (pixel binning) para produzir imagens finais com 16 MP. Estas são as melhores fotografias que podes conseguir com o telefone.

Fiquei agradado com o equilíbrio de brancos pendendo ligeiramente para os tons quentes (temperatura de cor). Temos definição de sobra, bom respeito pelos detalhes e arestas, além de boa preservação das sombras e realces.

Samsung Galaxy A52 5G
Captada com a câmara principal (64 MP) do Samsung Galaxy A52 5G

Esta câmara principal mostrou-se sobretudo consistente e bem precisa. A exposição acertou sempre (equilibrada) mesmo em cenários difíceis com bastantes reflexos e com luz forte a incidir quase diretamente, podem confiar nesta câmara.

Samsung Galaxy A52 5G
O telefone não tem uma câmara zoom (ampliação) dedicada.

Ainda que na aplicação exista o símbolo de aproximar, o Samsung Galaxy A52 5G não têm uma câmara (objetiva) telefoto dedicada. Ao invés disso, recorre ao zoom (ampliação) digital com a câmara principal de 64 MP, havendo perda de detalhe e saturação de cor.

Consoante o cenário as fotos podem ficar um pouco mais deslavadas, ou francamente desagradáveis, sendo isto o resultado do zoom digital.

Samsung Galaxy A52 5G
Captada com a câmara ultrawide (12 MP) do Samsung Galaxy A52 5G

Para fotografia panorâmica, ou para tirar partido das possibilidades criativas de uma objetiva ultra-grande angular, o Samsung Galaxy A52 5G já se porta melhor. Esta câmara é também ela consistente, mesmo quando a luz do sol incide diretamente.

Há alguma distorção das linhas quando nos afastamos do ponto central da imagem, mas nada de absurdo. Há uma boa preservação dos detalhes, exposição acertada e, regra geral, boa saturação de cor, ainda que não seja tão boa como a principal de 64 MP.

Samsung Galaxy A52 5G
Captada com a câmara macro (5 MP) do Samsung Galaxy A52 5G

A câmara macro permite captar detalhes e aproximar mais do objeto a fotografar. Conseguimos alguns bons resultados com boas condições de iluminação, mas não é de todo uma câmara excelente. Servirá, no entanto, para despertar a criatividade.

Samsung Galaxy A52 5G
Captada com a câmara frontal (32 MP) do Samsung Galaxy A52 5G

A câmara frontal de 32 MP tem uma objetiva grande angular e duas opções de distâncias focais disponíveis através da app. O utilizador pode tirar proveito destas quando quiser tirar fotos de grupo (acima), ou autoretratos (selfiies) isoladas, abaixo.

Samsung Galaxy A52 5G
Captada com a câmara ultrawide (12 MP) do Samsung Galaxy A52 5G

Os resultados são mais banais, com a câmara a agregar a informação de quatro pixeis adjacentes, passando de 32 MP para fotografias com 8 MP. Há alguma suavidade na imagem e perda de detalhe, mas servirá para as selfies costumeiras.

Também podemos gravar vídeo com o Galaxy A52 5G em qualidade 4K com um máximo de framerate ou taxa de quadros de 30 fps com boa qualidade. Não é excelente, mas já é uma boa qualidade de gravação para smartphone. Não desilude nem surpreende.

Samsung Galaxy A52 5G

Vale ainda uma nota satisfatória para a aplicação de câmara fotográfica neste smartphone Samsung. É a mesma que encontramos nos mais recentes dispositivos da marca, sendo intuitiva e particularmente recheda de modos criativos. Gostamos da app!

Em síntese, temos uma boa câmara, uma ultra-grande angular mediana e duas outras câmaras que pouco acrescentam.

A interface One UI 3 é boa, mas aqui tem algum bloatware!

Samsung Galaxy A52 5G
O cartão a azul do bloatware que não saía da barra de notificações.
  • Sistema operativo: Android 11
  • Interface (UI): One UI 3.1

O smartphone usa a interface One UI 3.1 da marca, sendo baseada no Android 11 da Google. É relativamente leve, simples e elegante com funções úteis como as bolhas de notificações e widgets convenientes. Há, infelizmente, algum bloatware.

Este é particularmente notório num novo centro de apps Samsung que não desiste até que tu as conheças. Há vários apelos à acção para completares a configuração nesta segunda loja de apps da Samsung (sem contar com a Play Store), com "borlas" de apps.

Samsung Galaxy A52 5G
A mensagem que não desaparecia e a "loja" de apps irritante.

A insistência deste centro de aplicações "gratuitas" com jogos e outras apps de entretenimento foi o suficiente para me irritar seriamente com o telefone. É totalmente desprezível este tipo de prática num smartphone de 500 euros.

Numa nota positiva, o ecrã esquerdo na "Home" é agora ocupado pelo Discover da Google - que podemos ativar ou desativar e optar pelo ecrã Samsung com as sugestões da Bixby. Por definição temos este serviço da Google para descobrir notícias e novo conteúdo.

Sublinhamos positivamente a garantia dada pela marca prometendo três anos de atualizações do Android e mais até de atualizações de segurança. Outra nota positiva tem que ser feita à simplicidade e facilidade de uso desta interface gráfica.

Samsung Galaxy A52 5G

À exceção do bloatware é fácil gostar da One UI 3.1. Está relativamente leve e fácil de usar. É atraente, abrangente e bem polida, com uma apresentação bem conseguida e funções intuitivas para qualquer utilizador, do mais avançado ao novato.

Damos como positiva a utilização da mais recente versão desta interface gráfica e do sistema operativo num smartphone de gama média. Algo que, infelizmente, nem sempre acontece.

Em síntese, gostamos do software, mas não perdoamos o bloatware no Samsung Galaxy A52 5G.

Desempenho sofrido para um smartphone de gama média em 2021

Samsung Galaxy A52 5G

  • Processador: Snapdragon 750G 5G (8 nm)
  • Memória RAM: 6 GB / 8 GB
  • Armazenamento: 128 GB / 256 GB

Para um smartphone de 500 euros (ou quase), o Samsung Galaxy A52 5G e isto é algo que já não me imaginaria a escrever em 2021. Sobretudo para um smartphone da fabricante líder, nem o novo Snapdragon 750G 5G salvou o cenário.

Este foi um dos pontos onde a Samsung cortou os custos com o novo smartphone e, importa frisar que para utilização normal não há qualquer problema com o desempenho. Para jogos, contudo, o cenário é outro, com uma notória perda de frames e outros soluços.

A performance (desempenho) do smartphone é medíocre e isto pode ser um entrave à sua compra. Em certos jogos como o PUBG Mobile a ação tornava-se errática, com perda de frames e um notório arrastamento do smartphone. Não estava à espera disto.

O desempenho do smartphone é consistentemente medíocre

Samsung Galaxy A52 5G

Pior ainda, o telefone nunca parece, nem se sente, verdadeiramente rápido. Seja ao fazer swipe entre as aplicações, ou a regressar ao ecrã inicial, não chega a ser lento, mas sentimos que está algo sobrecarregado, ou que o "motor" é simplesmente limitado.

Em cenários de uso comum como redes sociais, comunicações e câmaras, isto não é por si um problema. É sim, um empecilho, quando queremos jogar algo mais exigente no telefone, aí temos uma má surpresa.

Em síntese, se gostares de jogar no smartphone não compres este smartphone. Para tudo o resto, servirá razoavelmente bem.

Especificações técnicas do Samsung Galaxy A52 5G

  • Ecrã: 6,5 polegadas de diagonal, tecnologia Super AMOLED - até 800 nits
  • Resolução: Full-HD+ com taxa de atualização a 120 Hz - "Infinity-O"
  • Câmara principal: 64 MP (wide) + 12 MP (ultrawide) + 5 MP (macro) + 5 MP (profundidade)
  • Câmara secundária: 32 MP - foco fixo
  • Processador: Snapdragon 750G 5G a 8 nm
  • SoC octa-core (dual-core a 2,3 Ghz + hexa-core a 1,8 Ghz)
  • Memória RAM: 4/6/8 GB
  • Armazenamento: 128 / 256 GB - expansão via cartão micro SD até 1 TB
  • Bateria: 4500 mAh de capacidade
  • Dimensões: 159,9 x 75,1 x 8,4 mm (altura x largura x espessura)
  • Peso: 189 gramas
  • Sistema operativo: Android 11 com a One UI 3.1
  • Certificação IP67
  • Cores: Preto, Branco, Azul, Violeta
  • Conectividade: 5G
  • Extras: leitor de impressões digitais no ecrã, Samsung Knox, altifalantes estéreo, NFC

A bateria é duradoura no Samsung Galaxy A52 5G

Samsung Galaxy A52 5G

  • Bateria: 4 500 mAh de capacidade
  • Carregamento a 25 W

A bateria do Galaxy A52 5G tem 4 500 mAh de capacidade e dura até dois dias. Tem uma boa autonomia, tal como a fabricante o faz saber. Podemos ter um dia de uso intenso e arriscar usar o smartphone durante pelo menos metade do segundo dia.

Para poupar bateria podem reduzir a taxa de atualização do ecrã para 60 Hz e ativar o modo de poupança através do software do smartphone com a sua One UI. Temos aqui várias ferramentas de otimização da autonomia.

O carregamento rápido é relativamente veloz a 25 W. Note-se, contudo, que o carregador incluído com o telefone é limitado a 18 W, facto que condicionará a velocidade da carga. Não temos carregamento sem-fios o que seria extremamente bem-vindo.

Conclusão: 3 fatores que podem justificar o preço do Galaxy A52 5G

Samsung Galaxy A52 5G
O Galaxy A52 é um smartphone medíocre apesar de alguns bons trunfos.

O Samsung Galaxy A52 5G é um bom smartphone, mas podia ser muito mais que isso. Concorre atualmente com a Xiaomi que coloca smartphones mais baratos com melhor desempenho e qualidade geral de construção, sendo o design mais subjetivo.

Há, contudo, trunfos inegáveis neste smartphone Samsung. O ecrã é o primeiro, seguindo-se a autonomia de bateria e, por fim, a câmara principal de 64 MP que consegue ser compente e divertida graças à aplicação com vários modos de captação.

A qualidade de som é boa, mas não é tão boa como a que encontramos nos smartphones de gama alta. Merece uma pontuação de 7 (nível bom), por ter altifalantes duplos.

A sua interface - One UI 3.1 - merece destaque positivo pela funcionalidade, aparência e 3 anos de atualizações. Porém, o bloatware presente é vergonhoso num smartphone que custa quase 500 euros.

Samsung Galaxy A52 5G
A Samsung garante até 3 anos de atualizações para este smartphone.

O desempenho é o seu maior calcanhar de Aquiles, nunca chegando a ser rápido, tornando-se lento em cenários de jogo mais exigente. Para quem gosta de jogar, este não é o smartphone ideal, longe disso.

A autonomia de bateria é boa, sim, graças à célula de 4 500 mAh. Não tem carregamento sem-fios e o carregador incluído está limitado a 18 W - apesar de o telefone poder carregar até 25 W.

Em síntese, a relação preço / qualidade sai prejudicada. Torna-se difícil justificar o preço de quase 500 euros pela versão base deste smartphone quando temos ofertas extremamente cativantes da Oppo, Xiaomi, Motorola, entre outras fabricantes.

Pontuação 4gnews (de 0 a 10)

Escolhas de design

7,5

Qualidade de construção

7
Ecrã 8,5
Qualidade de som 7

Performance / Desempenho

6

Interface / UI

7

Câmara

7

Bateria

8

Qualidade / Preço

5,5
Pontuação 7 - Bom

A 4gnews agradece à Samsung o envio do produto para teste. Podes ver mais fotos do produto através do Google Fotos.

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.