Samsung Galaxy 21 leva "nega" em teste de reparação

Bruno Coelho
Comentar

Os especialistas do iFixit já deitaram mãos ao mais recente topo de gama da Samsung. O Galaxy S21 foi o equipamento testado nos seus níveis de possível reparação, e o resultado está longe de ser o melhor.

Samsung Galaxy S21 recebe 4 em 10 pontos, em teste de reparação do iFixit

Segundo o iFixit, o Galaxy S21 tem direito a uma taxa de reparação de 4 em 10 pontos possíveis. Algo que, segundo os critérios desta fonte, é superior ao Galaxy S20, mas ainda assim não deixa de ser uma nota negativa.

Um pormenor visto normalmente como negativo face à anterior geração é a traseira em plástico (ao invés de vidro). Isto acaba por lhe tirar o sentimento mais premium, mas faz também com que seja mais fácil de retirar.

Outro pormenor importante é o seu ecrã plano. Ao contrário de um ecrã curvo nas laterais, este é mais fácil de retirar. E durante uma reparação, isso pode evitar acidentes como, por exemplo, este sofrer danos.

Trocar o ecrã ou a bateria são os pontos negativos destacados

Embora existam pontos positivos, trocar o ecrã ou a bateria parecem ser os grandes pontos que acabam por pesar na classificação negativa. A cola excessiva colocada por baixo da bateria pode assim dificultar uma reparação.

Como podes ver por volta da minuto 3, há uma comparação com o Galaxy S20 Ultra. É assim confirmado o maior tamanho ocupado pelo sensor biométrico na atual geração, que acaba por justificar a sua maior efetividade.

Confere a análise completa do iFixit ao Galaxy S21.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.