Samsung está a preparar um smartphone dobrável a um preço "acessível"

Filipe Alves
Comentar

A Samsung é uma das fabricantes que está a investir forte nos smartphones dobráveis. O primeiro smartphone dobrável da marca saiu há um ano e podemos dizer que a marca está num bom caminho.

Pois bem, parece que a evolução fará da Samsung conseguir baixar o preço dos seus equipamento dobrável. Os rumores referem que a marca está a preparar um dispositivo com preços a rondar os 900€.

Smartphone dobrável da Samsung chegará por 900€

Smartphone dobrável da Samsung

Não podemos propriamente dizer que 900€ é um preço acessível. Contudo, temos de olhar no mercado de dobráveis no geral. Se te dissesse que um Tesla era vendido por 10 mil Euros dirias que é um preço acessível. Por muito que seja um valor alto.

Pouco sabemos deste novo smartphone dobrável por 900€. Sabemos apenas que se chama "SM-F415" e que tem duas variantes de memória. Isto é, 64GB e 128GB.

Visto que os smartphones dobráveis chegaram com valores nos 2000€ e agora estão nos 1400€, podemos dizer que se um smartphone dobrável chegar por 900€, é uma evolução considerável.

Samsung sabe que tem o mercado dos smartphones dobráveis

Com a Huawei fora do baralho devido à situação dos serviços Google, a Samsung sabe que tem o mercado à sua mercê. Ou seja, não existe um forte concorrente que se possa comparar à marca neste setor.

Assim sendo, está na hora da empresa ganhar no mercado. Pelo menos até que apareçam concorrentes que darão que falar. Porque aparecerão. Essa é uma certeza.

A Xiaomi, BBK (dona da OPPO, Vivo, OnePlus), ZTE ou até a TCL (dona da Alcatel) já estão a trabalhar na tecnologia. A Huawei é aquela que mais se destaca, porém, pagar tanto por um smartphone dobrável sem serviços Google é um pouco questionável.

Veremos até que ponto é que estas informações serão verdade. Se a Samsung tiver de apresentar um novo smartphone dobrável, deverá chegar apenas em 2021.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.