Samsung com o smartphone radical XCover Pro 2 a caminho

Mónica Marques
Comentar

A Samsung é das poucas marcas que continua a incluir no seu portfólio smartphones radicais, prontos para qualquer aventura.

E agora parece que tem mais um destes modelos a caminho, o Galaxy XCover Pro 2, que vai chegar à Europa muito em breve.

Plataforma Geekbench revela procesador Snapdragon 778G no Galaxy XCover Pro 2 da Samsung

Samsung Galaxy XCover Pro
O novo smartphone radical da Samsung vem suceder ao Galaxy XCover Pro, na imagem, disponível atualmente em Portugal por 489,90 euros

Há uns anos, os smartphones radicais registavam uma tendência de crescimento e faziam muito sucesso entre os utilizadores. Mas quando "passaram de moda", a maior parte das marcas deixaram de lançar novidades neste segmento. A Samsung é das poucas fabricantes que continua, periodicamente, a lançar modelo radicais e a retirar resultados positivos dessa estratégia.

Agora, ao que tudo indica, prepara-se para lançar, ainda este ano, um novo modelo: o Galaxy XCover Pro 2. O terminal acaba de passar pela plataforma Geekbench e, consequentemente, algumas das suas especificações são agora conhecidas.

Na conhecida plataforma, o smartphone surgiu com o número de modelo SM-G736B, tendo obtido 766 pontos em testes single core e 2.722 pontos em testes com vários núcleos.

Especificações esperadas no Samsung Galaxy XCover Pro 2

No Geekbench, o Galaxy XCover Pro 2 surge equipado com um processador octa-core com o nome de código Lahaina. Sabemos que este é o nome de código do chip Snapdragon 778G que conta com quatro núcleos a 1,80 GHz e os restantes quatro a 2,4 GHz.

Este chip, que utiliza o processo de fabrico de 6 nm da TSMC, é um dos melhores do segmento de gama média e está presente em terminais bem-sucedidos no mercado como o Galaxy A52 da Samsung, o Realme GT Master Edition e ainda no Xiaomi 11 Lite NE.

De acordo com a listagem da Geekbench,no Galaxy XCover Pro 2 o processador Snapdragon 778G estará emparelhado com 6 GB de memória RAM. O terminal vai também executar Android 12 sob a interface One UI 4.0 ou até mesmo a mais recente One UI 4.1 – agora que a marca sul-coreana é generosa na disponibilização de atualizações para o seu portfólio de smartphones.

Sobre o preço, espera-se que esteja dentro do segmento de gama média e por isso mais acessível. Quanto ao lançamento do terminal no mercado, não há ainda a previsão de uma data, mas espera-se que muito em breve o modelo chegue à Europa e Estados Unidos da América.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.